1. Tarot
  2. Arcanos Maiores
O Eremita
Carta "O Eremita" Crédito: Tarot Rider-Waite

IX O Eremita

A busca interior e a comtemplação

Essa carta tem suas energias relacionadas ao signo de Virgem

Quando a carta do Eremita aparece em uma consulta, pode significar que precisamos refletir em relação à situação. Às vezes é preciso dar um tempo e se isolar para ponderar e analisar melhor uma questão. Esta pode ser a mensagem que O Eremita traz: a necessidade de dar uma pausa e refletir. Ou seja, este Arcano Maior anuncia que pode ser a hora de se afastar e analisar, mergulhar no seu interior em busca das respostas que você precisa no momento.

Nunca pense no Eremita de forma negativa. Quando ele surgir, lembre-se que geralmente a carta mostra a necessidade de tirar um tempo para si, para poder pensar na vida e mergulhar no seu interior, procurando a verdade e as respostas certas advindas da sabedoria. Se a consulta é sobre relacionamentos, por exemplo, a carta pode sugerir que no momento é melhor se afastar e ver a situação de fora - ou parar para uma reflexão.

A carta indica que não é hora de agir impulsivamente e sim de passar um tempo pensando nas coisas que estão acontecendo. Você precisa mergulhar no seu interior e, ao fazer isso, poderá iluminar seu caminho até o objetivo ou solução desejada. A carta sugere que você precisa desenvolver seu espírito através de uma profunda introspecção, encontrar sua própria luz e fazer seu próprio caminho. Fique sozinho ou associe-se apenas com aqueles que estão mais alinhados com o seu momento. Não desperdice tempo e energia com quem não está na mesma vibe que você.

Um pouco mais sobre a carta O Eremita...

O Eremita é a nona carta do Tarot, sendo associada ao signo de Virgem. Na carta, podemos ver uma figura solitária que segura um lampião enquanto parece refletir sobre a própria vida. Virgem é um signo de terra mutável, prático, servil, metódico e de natureza mental. Já o número 9 tem alguns conceitos atrelados à sua natureza, como a perfeição, ordem e realização.

Na carta, vemos o Eremita sozinho e segurando um lampião, que ilumina seu caminho. O final dessa jornada é a compreensão e a evolução necessária para se obter, gerir e transmitir uma consciência superior. Em muitas representações, ele está no alto de uma montanha, o que simboliza realização. Ele alcançou o ápice de seu crescimento espiritual e está pronto para compartilhar seu conhecimento com os outros.

Ele segura um cajado, objeto que representa entre outras coisas o caminho da iniciação, além de poder, autoridade e habilidade de usar seu isolamento e sabedoria como ferramentas para atingir níveis ainda maiores de consciência. Se os problemas e as situações parecerem sombrias, ele pode sempre contar com uma luz para guiá-lo.

Está vestindo um manto que se mescla com o fundo, o que sugere seu poder de ficar invisível no mundo, ou seja, de se isolar sempre que precisa. Seu conhecimento não é para todos, apenas para os que mergulham de verdade em seu interior em busca da verdade, que procuram crescer e evoluir espiritualmente.