As Fases da Lua e suas influências

O satélite dos nossos ciclos de curta duração
As Fases da Lua e suas influências
por Astrolink em Astrologia

Ah, a misteriosa e inspiradora Lua...  ou Luna, Selene, Isis, Ártemis. São muitos os nomes e mitologias em torno desse corpo celeste, que tem uma relação muito estreita com o nosso planeta, com o Ser Humano e com a natureza. No mundo físico, a gravidade, as marés e a dinâmica dos fluidos corporais são exemplos diretos de sua ação.

Já em nosso reino pessoal, suas fases dão o tom ao aliar-se com a astrologia para conseguir carregar propósitos e energias peculiares, que nos influenciam diariamente em diversas áreas como as nossas emoções, aspectos de fertilidade, nutrição, no processo de interagir com o público, em nossos negócios, relacionamentos interpessoais, saúde, sono entre outras coisas.

Devido a sua força gravitacional, a Lua interage com o volume e a dinâmica de todos os líquidos presentes em nosso planeta, e isso inclui os vegetais, os animais e o próprio corpo humano. Nosso fluxo sanguíneo e líquido linfático também podem sofrer sua influência, não podemos esquecer que nossos corpos são compostos por 70% de água.

Um ponto importante a considerar são as fases lunares. Enquanto a Lua Cheia reflete a maior quantidade de luz solar possível, a Lua Nova reflete a menor quantidade. Entre as duas, outras fases emanam essa energia em diferentes níveis. Em pouco menos de um mês a Lua percorre 8 fases, completando seu ciclo. Podemos inclusive dizer que a cada noite a Lua canaliza e reflete uma energia diferente do Sol, por isso a importância de determinar em que fase a Lua está.

Embarque em mais essa jornada rumo a compreensão de todo o potencial que a dinâmica lunar pode proporcionar.

Lunações: a Lua em seus domínios cíclicos

A Lua é o astro que se movimenta mais rápido em nosso sistema solar, levando em média 28 dias para dar uma volta completa em nosso planeta, mudando sua fase principal a cada 7 dias. Todo mês ela também percorre os 12 signos do zodíaco, ficando em média 2 dias em cada um e formando diversos aspetos com outros astros. Na verdade, leva 28 dias e meio para que o ciclo se complete, de uma Lua Nova até outra Lua Nova, se movimentando cerca de 1 grau a cada 2 horas.

Com isso, pode-se dizer que este astro tão cultuado e reverenciado ao longo da existência humana tem um papel importante em nossos ciclos de curta duração, em nossas flutuações emocionais e nos altos e baixos das nossas vidas mundanas, criando uma dinâmica pessoal mensal, semanal, diária e até mesmo horária. Cada fase da lua pode ser interpretada de uma maneira e seu conjunto total forma um mosaico das nossas vidas em um determinado momento.

À cada mês, há na Lua Nova o potencial de um novo começo e na Lua Cheia um ponto culminante. Como a órbita da Lua leva em média 28 dias (e não 30 ou 31), à cada dois ou três anos temos um ajuste, com uma segunda Lua Cheia em um mês, chamada de Lua Azul.

O mês lunar começa então na Lua Nova, que é quando a Lua e o Sol estão em conjunção. Cada mês lunar traz duas casas opostas quando passa pelo seu mapa astral. 1 e 7 | 2 e 8 | 3 e 9 | 4 e 10 | 5 e 11 | 6 e 12. Dependendo do tamanho das casas em seu mapa astral, caso hajam signos interceptados, este ciclo pode ser alterado de modo que algumas vezes a Lua Cheia pode cair na casa ao lado da casa em que foi oposta na Lua Nova. Por exemplo, pode ter ocorrido uma Lua Nova na quinta casa do seu mapa, mas uma Lua Cheia na casa 10, em vez da 11, por exemplo.

Caminhando entre as fases

Pense em um projeto, por exemplo, que possui seu início, desenvolvimento, percalços, até sua conclusão e resultados. A Lua Nova é a fase inicial, onde há ideias, planos, desenhos, onde algo surge, e a Lua Cheia são os resultados.

A fase Quarto Crescente tem o papel de proteger e alavancar o que está em andamento e a Quarto Minguante ajuda a encerrar questões, para que um novo ciclo se inicie. Saber o que cada fase representa é essencial para podermos aproveitar sua influência da melhor maneira possível dentro do contexto de nossas vidas.

A Lua Nova e a Lua Cheia recebem o nome de Lunação. Na astrologia, as lunações têm o poder de influenciar as questões da Casa astrológica onde ocorre em um mapa astral, indicando as possibilidades que podem se realizar ou aspectos que podem ser ativados.

Obviamente, devemos ter sempre em mente que, fisicamente, a Lua não "muda" sua forma. O que muda é a relação dela com o Sol. Enquanto o Sol leva 365 dias para andar pelos 12 signos do zodíaco, a Lua faz isso em cerca de 28 dias. No 29º dia, ela volta a fazer conjunção com o Sol, dando início a outra Lua Nova.

Esta nova lunação recebe a energia e o nome do signo onde a Lua Nova teve início. Por exemplo, se foi em Escorpião, será Lunação de Escorpião. Depois de 28 dias virá a Lunação de Sagitário, Capricórnio e assim por diante. Nos 3 dias que antecedem a Lunação, a energia lunar começa a crescer, chegando ao auge no dia exato da Lunação.

As 8 Fases de um ritmo perpétuo

Muitas pessoas conhecem apenas as 4 fases principais da Lua, chamadas também de ativas, principalmente aqui no Brasil: Lua Nova, Quarto Crescente, Lua Cheia e Quarto Minguante. Porém, a Lua possui mais 4 fases intermediárias, tratadas como receptivas: Lua Crescente, Lua Gibosa, Lua Disseminadora e Lua Balsâmica - esta, com seus 3 dias finais chamados de "Lua Negra", a o finalzinho da fase que antecede a próxima Lua Nova.

Examinar cada fase lunar pode fornecer uma perspectiva do desdobramento físico, emocional e social que sofremos ao longo do ciclo total, além de proporcionar um guia para planejarmos nossas vidas.

1) LUA NOVA - aqui acontecem as chamadas épocas de maré alta, onde o Sol e a Lua estão em conjunção, praticamente alinhados. A atração gravitacional entre a terra e a lua é muito alta e praticamente se somam. Astrologicamente, ajuda no início das coisas, traz novos começos, mudanças e espontaneidade. É um bom período para começar novos projetos, fechar acordos ou inaugurar negócios. Tudo que é iniciado durante a Lua Nova capta uma carga energética altamente positiva, que prevê sucesso.


2) LUA CRESCENTE - é a fase intermediária entre a Lua Nova e a Quarto Crescente. Indica uma fase para recolhermos conhecimento e começarmos a dar forma aos nossos planos.


3) QUARTO CRESCENTE - aqui a Lua e o Sol estão alinhados à 90 graus, formando uma quadratura. A gravitação lunar se opõe a do Sol, embora não se anulem, algo que gera as chamadas marés mínimas. Astrologicamente, ajuda na expansão, mas também dá lugar ao confronto de problemas e assuntos não resolvidos. Aqui é hora de resolver questões e tomar decisões. Planos em andamento podem sofrer empecilhos. É também um bom período para criar bases para seus planos e continuar cuidando do que você já iniciou, mesmo que exija um pouco mais de esforço. Tudo gerado aqui tende a crescer e prosperar. O carro deve se manter e acelerar-se, aumentando a marcha para não desistir na subida da ladeira.


4) LUA GIBOSA - é a fase intermediária entre a Quarto Crescente e a Lua Cheia. É uma fase para ajustes finos, onde nossas metas vão se tornando mais visíveis, embora seja necessário parar e analisar o que está dando certo e o que não está a fim de fazer os ajustes e filtros necessários à conclusão. Deixe de lado tudo o que não funciona para refinar o processo.


5) LUA CHEIA - mais ou menos duas semanás após o início da fase de Lua Nova, há um novo alinhamento entre a Lua e o Sol. Novamente, uma fase de maré alta. É o culminar de todas as outras fases, onde tudo que foi feito e preparado finalmente pode ser colhido. Caso tudo tenha corrido bem durante o processo, você colherá bons frutos. É um período de realização, revelação e ajuda na repersussão das coisas. Durante a Lua Cheia, podemos nos sentir também mais desejosos de um relacionamento e ansiarmos por um par, embora as maiores crises também costumem ocorrer durante esta fase. Quem tem mais predisposição à insônia pode sofrer mais no período, que é também pouco indicado para se submeter a cirurgias em geral.


6) LUA DISSEMINADORA - é a fase intermediária entre a Lua Cheia e a Lua Minguante. Nessa fase, um maior entendimento entre as pessoas permite compartilhar conhecimento e emoções. Ótimo período para mergulhar dentro de si e se encontrar, assim como ajudar os outros a fazer o mesmo. É uma boa hora para refletir nos acontecimentos dos últimos tempos e começar a se preparar para resolver o que está pendente.


7) LUA QUARTO MINGUANTE - aqui a influência gravitacional entre o Sol e Lua novamente diminui. Ajuda nas finalizações, sendo um bom período para resolver questões pendentes ou finalizar projetos inacabados. De qualquer maneira, você deve deixar para trás o que passou e começar a planejar o futuro. Torna-se mais fácil terminar relacionamentos e se desacostumar dos nossos sentimentos durante esta fase. Esta fase também é indicada para cirurgias em geral.


8) LUA BALSÂMICA – é a fase intermediária entre a Lua Minguante e a Lua Nova. Aqui, é hora de parar um pouco para relaxar, refletir e avaliar. Não mexa com o que terminou e não inicie efetivamente novos processos. Liberte-se do passado para dar início a um novo ciclo que está chegando, sem amarras ou receios. Faça considerações e vislumbre as possibilidades da próxima lunação, para plantar uma nova semente, mesmo que esta venha a ser uma nova muda de uma mesma planta.


Tudo tem suas fases e seu ritmo

Os ensinamentos de Hermes Trismegisto nos dizem em sua quinta lei que tudo tem seu ritmo, tudo tem seu fluxo e refluxo - tudo sobe e desce. Pense nos ciclos de uma planta, por exemplo, desde sua concepção inicial.

Fazendo uma analogia com a Lua, nesse caso, a primeira fasem da semeadura, seria como a Lua Nova, um período que se relaciona com semente que está no chão, preparando-se para a germinação. Um novo começo foi implantado.

Nos primeiros passos da fase Crescente, é como se o broto que foi plantado seja atraído para fora da Terra pelos impulsos iniciais da luz. Durante os estágios restantes dessa fase, é como se a planta passasse por um processo de fortalecimento, mobilizando suas energias contra os elementos da natureza.

Quando a fase de Quarto Crescente chega, é como se a planta já tivesse passado pelos estágios iniciais de sobrevivência e agora está criando raízes. Ao ancorar firmemente a sua força vital, a planta é capaz de concentrar suas energias no crescimento de caules e folhas com os minúsculos botões, que aparecem no início da fase Gibosa.

Durante a fase Gibosa, nossa planta está focada na razão de sua existência. Ao livrar-se de tudo o que é supérfluo, finalmente chega o momento da sua realização ao desabrochar em uma flor. A Fase da Lua cheia seria a conclusão, o auge do processo. O trabalho foi feito e o jardineiro pode descansar, curtir e avaliar seus esforços.

À medida que a Lua Cheia progride através dos seus quarenta e cinco graus, a flor se torna o fruto.

A Lua Disseminadora é onde fazemos a colheita do que foi plantado. O objetivo da planta é agora devolver à terra, à quem criou e plantou, tudo o que ela possui, nutrindo outros.

Quando a Lua Minguante se aproxima, a safra acabou, a abundância foi compartilhada e o que resta nos campos começa a se decompor... O ciclo está terminando.

Durante a fase Balsâmica, as sementes são enterradas de volta no subsolo. O que foi plantado antes não existe mais na sua forma original. Este é o momento da transição. A luz da Lua já está muito fraca e, no final desta fase, desaparecerá na escuridão, em uma última e pequena fase de 3 dias chamada de Lua Escura, o carregamento final para reiniciar todo o processo novamente com uma Nova Lua Nova.

A Lua e seus domínios

Na verdade, a Lua tem grande incidência na regulagem de qualquer processo cíclico, qualquer atividade, situação, comportamento ou hábito que possua um começo bem definido, que se desenvolva, que alcance resultados para depois começar a se diminuir e finalizar. É como um movimento de respiração, o qual se inspira e expira em direção à nossa manutenção gasosa vital. Outros exemplos são o ato de engordar e emagrecer, gastar e poupar, hábitos básicos como crescimento e corte de cabelo e pêlos, manutenção das unhas, etc. Como representante do princípio feminino, das emoções, da sensibilidade, intuição, gestação, fertilidade e nutrição, possui boa influência sobre estes e outros assuntos, tais como:

  • Inspira uma troca emocional mais fluida ou mais difícil entre as pessoas;
  • Atua em nossa dinâmica emocional, influenciando nossos temperamentos e humores, fazendo as pessoas se tornarem mais receptivas e alegres, ou tristes e melancólicas, dependendo da fase;
  • As fases da lua também estão ligadas a uma maior ou menor carência emocional;
  • Reina sobre a capacidade feminina de gestação, fecundação, nutrição e proteção. Pesquisas comprovam que durante as trocas das fases da Lua aumentam a incidência de partos efetuados, principalmente na Lua Cheia;
  • Interage com nosso apetite e metabolismo, assim como na assimilação dos nutrientes e líquidos. Logo, atua também nos processos de ganho ou perda de peso;
  • Altera nossa percepção e desejo por algum tipo específico de alimento ou sabor;
  • Incide nas marés e nos fluidos dos vegetais e animais, incluindo nosso o fluxo sanguíneo e linfático;
  • Interfere na qualidade do nosso sono e sonhos, influenciando noites tranquilas ou agitadas;
  • Bons aspectos entre a Lua e Netuno influenciam a qualidade do nosso sono. Já maus aspectos entre a Lua e Urano podem causar insônia;
  • Bons aspectos entre a Lua e Saturno são ótimos para efetuar transações imobiliárias ou reparos em casa. Já entre a Lua e Plutão, é bom para descarte de coisas inúteis;
  • Lua e Netuno em aspecto tenso também pode causar falta de concentração e baixa produtividade. Lua e Mercúrio em tensão podem gerar acúmulo de tarefas ou trabalhos inconclusivos;
  • A Lua interage também com a umidade, influenciando momentos propicios a secagem;
  • Atua sobre a durabilidade dos vegetais, das frutas e dos legumes, influenciando sua conservação ou a velocidade do apodrecimento;
  • Pode interagir também com a precipitação das chuvas. O famoso halo lunar, aquele disco de tonalidade amarelada que vemos de vez em quando em volta da lua, geralmente é associado à proximidade de chuva;
  • Influencia as pessoas a participarem mais ou menos de eventos sociais e lotarem locais como bares, shoppings, shows e restaurantes;
  • O contrário também é válido, a lua pode gerar preguiça e recolhimento, ao passo que os lugares podem estar mais vazios em determinadas épocas;
  • Pode diminuir ou aumentar inchaços, edemas, hemorragias ou interferir na qualidade de um período pós-operatório;
  • Comércio e demais atividades que dependam da presença ou interação com o público em geral podem sentir bastante a influência da Lua;
  • Bons aspectos entre a Lua e Vênus são bastante favoráveis para encontros, romances e uniões;
  • De acodo com o signo em que se encontra a lunação, há uma maior ou menor predisposição a encontros românticos, desejos sexuais ou aproximações em geral;
  • E por fim... Faz as nossas noites mais bonitas e iluminadas!

Leia mais artigos do Astrolink ver todos

A Lua Nova - inícios, descobertas, autoconhecimentoA Lua Nova - inícios, descobertas, autoconhecimento
A Lua Nova significa que um ciclo de Lunação acabou e outro começa, marcando a conjunção do Sol com a Lua. É um período de novos começos, novas possibilidades, criações e realizações, por isso é ótimo para fazer planos ou colocar projetos em movimento.
A Lua Crescente - persistência, oportunidades, intuiçãoA Lua Crescente - persistência, oportunidades, intuição
A segunda fase da Lua é chamada de Lua Crescente, uma fase intermediária entre a Lua Nova e a Quarto Crescente onde o ângulo entre Sol e a Lua varia de 45 a 90 graus. Sugere agitação e movimento, onde desejos, planos e projetos que você planejou, definiu e mentalizou durante a Lua Nova devem devem começar a ser postos em prática.
A Lua Quarto Crescente - comprometimento, clareza, dedicaçãoA Lua Quarto Crescente - comprometimento, clareza, dedicação
A Lua Quarto Crescente é a terceira fase da Lua, com o Sol iluminando metade da Lua (na verdade se inicia durante a crescente quadratura da Lua com o Sol). Essa fase é bastante movimentada e pode trazer tanto obstáculos quanto oportunidades para desenvolvermos projetos, sejam eles pessoais ou profissionais.
A Lua Gibosa - cooperação, aprimoramento, produtividadeA Lua Gibosa - cooperação, aprimoramento, produtividade
A Lua Gibosa traz um período de análise e aprimoramento, bom para continuar a evoluir suas intenções, ideias e projetos. O objetivo final é a realização de seus objetivos, por isso você deve analisar o que está e o que não está funcionando.
A Lua Cheia - visão, iluminação, realizaçãoA Lua Cheia - visão, iluminação, realização
A Lua Cheia simboliza o auge do ciclo iniciado na Lua Nova, ou seja, todos os objetivos que você desenvolveu durante as fases anteriores atingirão um clímax. Se o resultado será positivo, dependerá muito do trabalho feito até aqui. É o auge, onde a Lua está totalmente iluminada pelo Sol.
A Lua Disseminadora - auto-avaliação, gratidão, partilhaA Lua Disseminadora - auto-avaliação, gratidão, partilha
A Lua Disseminanadora não está completamente iluminada pelo Sol. Aos poucos a superfície da Lua começa a ficar escura novamente, sem receber a luz solar. Por isso, falamos que a Lua começa a minguar, onde a próxima fase lunar é de fato a Lua Quarto Minguante.
A Lua Quarto Minguante - realinhamento, discernimento, conclusãoA Lua Quarto Minguante - realinhamento, discernimento, conclusão
A Lua Quarto Minguante está iluminada pela metade. A parte que ainda recebe a luz do Sol aos poucos vai diminuindo, ou seja, minguando. Assim como a Lua, você deve usar suas últimas energias para completar o que quer que tenha realizado no ciclo.
A Lua Balsâmica - transformação, contemplação, clareza de objetivosA Lua Balsâmica - transformação, contemplação, clareza de objetivos
A Lua Balsâmica (ou Lua Escura quando está bem no finalzinho da fase) está dividida entre as energias da Lua Quarto Minguante (final do ciclo) e da Lua Nova (início de um novo ciclo).


Signos no Astrolink

Piscianos    9.09 %
Arianos    8.84 %
Cancerianos    8.81 %
Geminianos    8.69 %
Taurinos    8.69 %
Aquarianos    8.22 %
Leoninos    8.19 %
Virginianos    8.19 %
Escorpianos    7.98 %
Librianos    7.91 %
Capricornianos    7.82 %
Sagitarianos    7.58 %

O céu no momento...

Sol 26 Vir 34' 07"
Lua 29 Tou 16' 51"
Mercúrio 09 Lib 18' 03"
Vênus 06 Lib 30' 47"
Marte 20 Vir 46' 40"
Júpiter 16 Sag 47' 05"
Saturno 13 Cap 54' 41"
Urano 06 Tou 01' 45" R
Netuno 17 Pei 02' 60" R
Plutão 20 Cap 40' 41" R
Quiron 03 Ari 58' 51" R
Lilith 15 Pei 30' 14"
Nodo Norte 14 Can 28' 48" R

Aspectos ativos

Sol TrígonoLua
Mercúrio ConjunçãoVênus
Marte TrígonoPlutão
Júpiter QuadraturaNetuno