1. Tarot
  2. Arcanos Maiores
A Lua
Carta "A Lua" Crédito: Tarot Rider-Waite

XVIII A Lua

Ilusão, intuição e insegurança

Essa carta tem suas energias relacionadas ao signo de Câncer

Essa carta tem suas energias relacionadas ao signo de Peixes

A Lua em uma consulta significa que está na hora de você seguir a sua intuição. Indica segredos, mistérios e ilusões. Se você tem que tomar uma decisão e não tem certeza sobre que caminho tomar, escute seu coração.

A carta é associada ao signo de Peixes, igualmente intuitivo, mas também ao de Câncer. Peixes até gosta de refletir e ponderar sobre as coisas e às vezes nos encontramos em situações onde falta apenas uma informação para que a decisão seja a mais acertada. Quando a carta da Lua aparece, sugere que suas emoções e sua intuição deverão prevalecer na decisão final.

Sugere que provavelmente existem mais coisas acontecendo das quais não temos conhecimento, por isso, assim como Peixes, o melhor a fazer é recuarmos e mergulhar no nosso interior. Buscar a intuição necessária para vermos a situação com mais clareza, para descobrirmos o que falta, o que está escondido. Porém, ao mesmo tempo em que segredos podem ser negativos, este Arcano Maior pode ter uma leitura positiva.

É como se a última peça do quebra-cabeças não estivesse disponível ainda, por isso você deve seguir seus instintos pois encontrará as respostas no momento certo.

Um pouco mais sobre a carta A Lua...

A Lua é a décima oitava carta do Tarot e representa geralmente algo oculto, escondido da nossa percepção. É também o nosso conhecimento intuitivo e embora seja uma carta que simboliza a noite, com suas sombras e mistérios, não possui necessariamente uma conotação sombria.

Na carta, vemos uma fonte de água. Dela sai um caminho, que simboliza a jornada que fazemos em busca da consciência. O lagostim (signo de Câncer) que sai da água representa o começo da consciência. De cada lado do caminho vemos um lobo e um cão, que simbolizam o lado selvagem e domesticado de nossas mentes. A luz da Lua é fraca, incerta e apenas ilumina vagamente nosso caminho enquanto viajamos em direção a algo superior.