1. Tarot
  2. Arcanos Maiores
A Morte
Carta "A Morte" Crédito: Tarot Rider-Waite

XIII A Morte

Términos, recomeços e transformações

Essa carta tem suas energias relacionadas ao signo de Escorpião

A carta A Morte pode incutir medo ou receio nos que ainda não compreendem totalmente seu significado. De fato, quando pensamos no tema "morte", nada de bom vem à mente. Porém, o significado da carta vai muito além do "fim derradeiro". Ela tem a ver com términos, mas também traz consigo a possibilidade de novos começos, mudanças e transformações. A carta deve ser encarada como um símbolo de transição.

O significado básico em uma consulta é de que algo pode estar prestes a mudar e possivelmente trará renascimento, melhorando a condição da situação em questão. Claro que mudanças podem ser incômodas, algumas pessoas aceitam melhor, outras são mais resistentes. Porém, a Morte traz consigo a promessa de melhorias assim que você deixar de lado o que estiver te atrapalhando.

Escorpião é o signo associado à carta e quando ele corta algo de sua vida, geralmente é para sempre, mas com intenção de melhorá-la. Por isso, essa carta significa que alguma coisa na sua vida ou na situação questionada está prestes a "morrer" para você, mas isso não é ruim. É bom se atentar à energia escorpiana em sua vida ou até mesmo um(a) escorpiano(a) que pode entrar em jogo para interagir com a questão.

Seja como for, a carta sugere alterações profundas, transformação e recomeços que representam um novo capítulo.

Um pouco mais sobre a carta A Morte...

A carta A Morte é a carta de número 13 do Tarot e está associada ao signo de Escorpião, indicando que transformações profundas podem estar em jogo.

Além de representar um dos maiores mistérios da vida, a morte é um tema com uma mitologia obscura, por isso a carta acaba sendo temida por muitos que a tiram em uma consulta de Tarot. Porém, esse mito precisa acabar, pois esse Arcano Maior não é necessariamente sombrio ou ruim. A carta em si não é negativa e na verdade simboliza que um ciclo chega ao fim e um novo começa. Dessa forma, a carta trata de términos, desapegos, transições e mudanças em relação ao momento ou a situação questionada.

Em seu simbolismo, o sol forte brilha ao fundo da carta e a morte monta em seu cavalo branco, cor da purificação e que simboliza renascimento. Ou seja, diz que depois do fim, as coisas sempre renascem novas e puras. Escorpião carrega muito deste simbolismo: uma vez que corta alguma coisa de sua vida, costuma ser para sempre, mas sempre visando uma melhora.

A Morte segura uma bandeira preta e branca e é retratada como um esqueleto - a única coisa em nosso corpo que resiste ao seu toque. Sua armadura demonstra invencibilidade, ninguém jamais triunfou sobre ela. Os homens, mulheres e crianças sinalizam que a Morte não vê diferença entre idade, raça ou gênero. Ao fundo, o Sol simboliza imortalidade e novos começos. Ele "morre" a cada noite, mas renasce todas as manhãs, trazendo de volta seu brilho, calor e esperança.

A balsa ao fundo é aquela que na mitologia é responsável por transportar as almas pelo mitológico rio Estige, no Hades, que separa o reino dos vivos e dos mortos e que gerou o famoso mito do barqueiro, que leva as almas para "o outro lado", para uma nova realidade. Essa carta, como outras no Tarot, também possui pilares, que representam o conhecimento necessário para alcançar a imortalidade do espírito.