Lua na Astrologia

Lua - Hábitos e emoções

A Lua era chamada de Luna pelos romanos, Selene e Ártemis pelos gregos e ainda foi chamada de muitos outros nomes em outras mitologias. Ela representa a natureza básica de nossos instintos e sentimentos. Tem uma influência estimulante que deixa um sentimento profundo e uma sensibilidade única dentro de nossa mente. Pessoas intuitivas muitas vezes encontram um posicionamento muito forte da lua. Ela tem uma influência direta sobre a mente, e essa influência pode ser captada e sentida de diversas formas durante cada fase.

Características e dignidades da Lua:


A Lua é uma extensão da Terra, é o seu satélite natural. Em seu glifo astrológico, as Linhas Crescentes são duplicadas, indicando o alto nível de receptividade, perceptividade e sensibilidade envolvidos.

Enquanto a Lua física orbita a Terra, nos esquemas astrológicos ela imediatamente vem após o Sol como prioridade. O astro reflete a luz solar para o nosso planeta durante a noite, que descem suaves, nos iluminando enquanto descansamos e restauramos nossas energias para o dia seguinte. Pelo alto grau de receptividade envolvido, na astrologia, o astro simboliza nossos sonhos, intuição e subconsciente., assim como nossos primeiros anos de vida, emoções, como reagimos aos eventos e ao mundo, um fator de receptividade. Simboliza as mulheres em geral, irmãs mais velhas, tias, alguém que ajudou a cuidar de você, a esposa e a mãe.

A Lua se desloca entre 12 e 13 graus por dia e para completar seu ciclo no Zodíaco, leva em média 28 dias, ficando dois dias e meio em cada signo. A Casa 4 é associada a Lua, que rege o signo de Câncer e tem como dia da semana a segunda-feira - ou Monday ("moon day" em inglês). Tem sua exaltação no signo de Touro e sua queda em Escorpião. Os planetas que possuem mais afinidade com a Lua são Júpiter, Marte e o Sol, enquanto os menos afins são Vênus e Saturno. Mercúrio é neutro em relação a Lua.

Nosso poder interior

A Lua é basicamente um fator emocional e não racional. Suas respostas tendem a ser impulsivas, instintivas e dadas aos caprichos do signo que ela está utilizando para operar. Representa o lado esquerdo do corpo, controlado pelo hemisfério direito do cérebro. Está conectada aos ciclos da natureza assim como aos ciclos do nosso corpo, ao nosso modo instintivo de funcionamento, a chave seletora das nossas emoções.

Enquanto a energia do Sol mostra para os outros a nossa essência de autoafirmação, quem somos no mundo, a energia da Lua mexe com o nosso íntimo, nos dá sensibilidade e intuição, mostra quem somos internamente. É uma energia receptiva, que traz à tona os aspectos emocionais do nosso ser. Representa tudo que fazemos sem raciocinar, toda comunicação não verbal feita através das nossas emoções, de forma intuitiva ou instintiva.

Além disso, astronomicamente, a Lua está muito próxima da Terra e sua força gravitacional influencia marés e a vida no planeta como um todo. Claro que existe uma parceria e um complemento entra as energias solares e lunares, já que a Lua reflete a luz do Sol durante a noite. À medida que compreendemos as energias da lua, podemos entender melhor o nosso interior e a nossa personalidade.

Muito do que expressamos através de nossas emoções acaba construindo nossa visão do mundo e das pessoas. Por isso, entender as influências da Lua em relação aos nossos mecanismos psicológicos é fundamental para nos autoconhecermos. A Lua representa o arquétipo feminino e por isso trabalha também com o conceito da maternidade e tudo que envolve essa questão. Não somente retratando a própria relação real entre mãe e filhos, como também, abordando um lado psicológico em que você promove o auto acolhimento, o ato de dar colo a si próprio como forma de sarar feridas emocionais.

Além desse papel curador, ela também responde pelas emoções mais enraizadas, por isso o que vai prevalecer são desejos e necessidades, e não a razão. E é preciso aceitar esses sentimentos e lidar com eles de acordo, para mantermos o nosso equilíbrio emocional e psicológico. É símbolo do nosso mundo interior, aquele que apenas as pessoas muito próximas conseguer ter contato por completo, é o lado que se revela à portas fechadas. É também o "Eu" desprotegido, que tem que agir por instinto e que geralmente aparece quando enfrentamos uma crise. Por conta disso, algumas pessoas podem não se sentir confortáveis ​​com sua plena expressão. Em momentos de grande stress, as características da lua geralmente são expostas e fazem com que a pessoa se sinta um pouco fora de controle.

Um dos principais motes da Lua na Astrologia são os hábitos que temos, tudo que fazemos intuitivamente, quase que sem pensar. O chamado "estado de espírito", nossas raízes psíquicas e como reagimos a cada situação: se ficamos alegres, tristes ou com raiva. Ela também trata parcialmente do sono e os sonhos, o passado e a memória que temos dele. Direciona o nosso senso de pertencer a alguma coisa, de fazer parte de algo ou ter mais apreço sobre um tipo de comportamento ou outro. Aguça nosso sentido agregador, nossa necessidade de segurança, conforto e bem-estar.

Lua

O que a Lua pode influenciar no seu Mapa Astral

A Lua pode ser considerada como um dos fatores mais importantes em um mapa astral, muitas vezes dizendo mais sobre uma pessoa do que a própria posição do Sol. Para ser bem sucedido na vida e possuir um equipamento mental forte e equilibrado, que dará conta das muitas situações que atingem nossa psique no cotidiano, analisar e compreender a posição da Lua no mapa se faz muito importante.

Pode dar informações sobre sua experiência com a mãe biológica e / ou também pode ajudar a descrever como age ao ser sua própria mãe. Ou seja, a forma como você se sensibiliza com seu estado emocional ao lidar com as suas próprias necessidades. Nosso signo lunar é uma informação valiosa para entender a vida interior dos membros da família, amigos e potenciais parceirias amorosas.

Assim como analisar e cuidar do seu Sol você garante sua sanidade, ao cuidar da Lua, você garante a manutenção do seu estado de felicidade e nutrição. Alguns dizem que o Sol, quando é bem desenvolvido em uma existência anterior, transforma-se na Lua na existência atual. Ou seja, o signo solar vira o signo lunar. O posicionamento da lua pode explicar por que duas pessoas com o mesmo signo solar podem ser tão diferentes. Se você nasceu com o seu sol e a lua no mesmo signo, o efeito é aumentado, podendo criar tanto uma harmonia quanto uma amplificação dos traços do signo. Esta é uma relação chave na astrologia. Se há um cabo-de-guerra entre a vontade de agir e as emoções, pode haver um conflito entre as propostas da lua no mapa astral.

A Lua mostra a nossa capacidade de reagir e lidar não só com as nossas emoções, como com a dos outros. No que diz respeito às casas astrolǵicas, a Casa 4 é a posição mais forte para se ter a Lua, junto com o signo de Câncer. Outras casas boas para a Lua são a 2, 5, 9, 10 e 11. As casas 6 e 8 não são consideradas bons lugares para o posicionamento lunar.

Se a Lua estiver em conjunção com qualquer planeta, seu modo de operação será modificado, especialmente se forem aspectos com orbes muito próximas. Por exemplo, se Marte está em conjunção com a Lua, qualidades de Marte como agressividade, coragem, assertividade e outras terão mais chance de fazer parte da personalidade visível dessa pessoa, onde tais atributos também serão carregados de energia emocional.

A posição da Lua também pode dizer muito sobre nossos interesses, hobbies e as coisas que nos fazem bem, onde de forma automática podemos ser atraídos. Por exemplo, uma Lua na Casa 8 pode fazer a pessoa se interessar mais por coisas ocultas, segredos, mistérios e até mesmo astrologia. Assim como na Casa 9 pode trazer uma maior paixão por absorver conhecimento e a prezar por otimismo, exploração, liberdade e otimismo, na Casa 10 a nossa carreira e reputação. A casa astrológica onde a Lua se posiciona no mapa astral também é a área da vida onde a pessoa pode ser mais secretiva.

O lado positivo da Lua sugere simpatia e mexe com nossa capacidade de compreender melhor os sentimentos ou reações da outra pessoa, interagindo com a nossa empatia. Desperta nossa vontade de ajudar o próximo, de nos dedicar, nutrir e proteger. Aguça nossa afetividade, nossa intuição e instintos. Traz satisfação com as nossas emoções, com quem somos internamente além de proporcionar mais tranquilidade, segurança, bem-estar e conforto. Ajuda ainda em uma melhor adaptaçao ao ambiente que nos cerca.

Seu lado negativo pode trazer vulnerabilidade e instabilidade emocional, geralmente sob a forma de dependência psicológica, falta de amor próprio, sentimento de inferioridade ou necessidade de ter sempre alguém ou algum processo cuidando de você, te dando carinho e segurança. A pessoa pode se tornar mais tímida, passiva, negligente, depressiva, irritada ou imatura, com tendência a comportamentos de puro capricho ou carência. Abre portas também para o medo, deixando a pessoa com a sensação de que está desprotegida ou de que não é amada. Ela então passa a se fazer de vítima, sentindo pena de si ou se embrenhando em fantasias e devaneios de carência. Tudo isso dependerá de como a Lua está passeando e interagindo com outras forças no seu mapa astral. A casa 4 também se faz importante neste tipo de análise.

Analisar a Lua também mostra como funcionamos dentro do nosso lar, na nossa intimidade e isolados do mundo exterior. Em uma relação, conforme ficamos mais íntimos, acabamos deixando escudos de lado e mostrando cada vez mais o nosso verdadeiro emocional. Assim, alcançar a confiança em um relacionamento depende muito de conhecer e compreender as influências que a Lua exerce sobre cada indivíduo. Revelar o nosso lado lunar para os outros é uma demonstração de confiança. Quando nos tornamos verdadeiramente íntimos a alguém, tendemos a revelar as facetas de nossa lua natal. Este ato irá expor partes da nossa personalidade que devem ser sempre alimentadas e respeitadas, e serão cada vez mais expostas de forma natural e automática dentro do relacionamento a medida que sentirmos protegidos e confiantes de que a intimidade permitida está sendo fluida e respeitada.

Nunca agrida a sua Lua...

Esta é uma máxima com bastante chances de ser confirmada pela maioria das pessoas, que ao terem os temas de suas luas contrariados ou pressionados, podem sentir um extremo desconforto e muita reativida. Uma Lua em Touro, por exemplo, deixa a pessoa mais calma, não se irritando com facilidade, embora aconteça uma explosão abrupta após um longo período de contrariedade. Pode fazer a pessoa prezar bastante por tranquilidade, segurança e estabilidade. Já uma Lua em Áries pode fazer com que a pessoa tenha sua emoções sempre à flor da pele, se sentindo mais inquieta e prezando por movimento, não se sentindo tão agredida caso haja mudanças imediatas em sua condição estável.

A vida muitas é vezes difícil, exaustiva e bate forte. Descanso, conforto e recuperação são necessidades psíquicas inerentes a todos nós e periodicamente precisamos nos reenergizar e nos confortar. Cuidar dessas necessidades é a tarefa da Lua no em nosso mapa astral. É o nosso porto seguo particular, a mãe, a rainha. Em nossas vidas diárias, a lua é o que recorremos para restaurar nosso senso de segurança emocional. Para alguns, significa manter uma vida social ativa, para outros, pode significar um refúgio solitário do corpo e da mente. Quando entendemos a nossa essência lunar, saímos do automático e da inconsciência dos nossos atos e desejos.

Também pode ser um indicador dos hábitos e preferências alimentares. Se pegarmos as características da Lua, do Sol e do nosso Ascendente, misturar tudo bem misturado, temos a essência mais básica da nossa personalidade. O signo onde a Lua está mostra o que mais pode nos deixar satisfeitos e felizes, mas também o que nos magoa e afeta, portanto, esta é de fato uma rica dica astrológica: Nunca agrida a sua Lua.


O que estão falando sobre a Lua no Astrolink...


A influência da Lua nos Signos

A influência da Lua nas Casas Astrológicas

A Lua e você...

Descubra a importância do astro Lua no seu mapa astral.

Crie a sua conta grátis ou efetue o login para saber qual signo ou casa este astro está posicionado e quais são seus benefícios!



O céu no momento...

Sexta-feira, 7 de Agosto de 2020 | 23h27
Sol 16° 00' Lea
Lua
Cheia
06° 41' Ari
Fase Disseminadora
ver ciclo lunar
Mercúrio 05° 45' Lea
Vênus 00° 25' Can
Marte 21° 10' Ari
Júpiter 19° 22' Cap R
Saturno 27° 20' Cap R
Urano 10° 40' Tou
Netuno 20° 25' Pei R
Plutão 23° 11' Cap R
Quiron 09° 07' Ari R
Lilith 21° 42' Ari
Nodo Norte 27° 54' Gem R
Aspectos ativosorbe
SolTrígonoMarte5.17
SolQuadraturaUrano5.34
LuaTrígonoMercúrio0.94
LuaQuadraturaVênus6.28
VênusConjunçãoNodo Norte2.52
MarteQuadraturaJúpiter1.81
MarteQuadraturaPlutão2.02
JúpiterSextilNetuno1.06
NetunoSextilPlutão2.76
Ler mais

Signos no Astrolink

Piscianos    9.05 %
Arianos    8.85 %
Cancerianos    8.81 %
Geminianos    8.71 %
Taurinos    8.65 %
Aquarianos    8.26 %
Virginianos    8.17 %
Leoninos    8.16 %
Escorpianos    7.99 %
Capricornianos    7.89 %
Librianos    7.87 %
Sagitarianos    7.58 %