Já é membro?
ou
Os 4 elementos e a Astrologia
Fogo, Terra, Ar e Água.

Os 4 elementos e a Astrologia

Astrolink
por Astrolink em Astrologia.

em 21/06/15 19h43 lido 396462 vezes

A orientação é uma constante utilizada por qualquer desbravador em qualquer tempo. Quem viaja por terra ou mar sempre contou com as quatro direções da bússula para se orientar. Já os navegantes astrológicos, desde que aristóteles difundiu a ideia dos quatro elementos, usam o fogo, água, terra e ar para algumas orientações e analogias.

O FOGO, que representa ação e criatividade, é o combustível de Áries, Leão e Sagitário; É considerado quente e seco. As pessoas com bastante elemento fogo tendem a ser otimistas, dinâmicas e com coragem de assumir riscos e enfrentar desafios. Demonstram determinação e perseverança, podem gostar de mandar e são honestas. Toda essa disposição pode trazer agitação e impulsividade. Podem ser insensíveis e indiferentes, por vezes egoístas e arrogantes. Na raiva tendem a magoar os outros, mas geralmente não guardam rancor. Antigamente eram chamadas de pessoas com Humor Colérico.

A TERRA, que significa substância e praticidade, é a marca de Capricórnio, Touro e Virgem; é considerada fria e seca. Pessoas com grande quantidade de terra no mapa tendem a ser introspectivas, sensíveis e passivas. De forte empatia, tendem a ter bom coração. Podem ser um pouco ansiosas e pessimistas. A teimosia é outra tendência, que faz com que fique mais difícil mudarem de ideia. Geralmente não curtem futilidade e são bastante racionais. Antigamente eram chamadas de pessoas com Humor Melancólico.

O AR, que corresponde ao intelecto e comunicação, é a força motriz de Libra, Aquário e Gêmeos. É considerado quente e úmido. Pessoas com muito elemento ar no mapa tendem a ser mais ativas, sociáveis e animadas. Essa energia toda favorece concentração e intelectualidade. Podem ser volúveis e indisciplinadas, por isso não curtem criar raízes, sendo mais desprendidas e estando sempre em movimento. Têm que ter cuidado para não acreditar demais nas pessoas ou nas próprias fantasias. Antigamente eram classificadas como pessoas de Humor Sanguíneo.

A ÁGUA, que simboliza as emoções, sublinha os signos de Câncer, Escorpião e Peixes. É considerada fria e úmida. Estes signos tendem a ser mais pacientes, compassivos e empáticos. Pessoas com muito elemento água são geralmente consideradas calmas, bastante adaptáveis a qualquer ambiente, situação e pessoas. Suas emoções estão sempre transbordando, mas tendem a ser contidos, demonstrando pouca impulsividade. Isso pode fazer com que sigam o desejo de outros. Antigamente eram classificadas como pessoas de Humor Fleumático.

De acordo com os antigos ensinamentos da alquimia, estes quatro elementos formam a base de toda a vida. Todos nós incorporamos esses quatro elementos: estamos de pé sobre a terra, as informações ao nosso redor apelam para o nosso intelecto e verbo evocando o elemento ar, nossas ações são regidas pelo domínio do fogo/faísca/energia, enquanto as emoções desencadeadas pelas nossas experiências vêm do elemento água/fluido.

Fazendo uma analogia, quando você beija alguém, por exemplo, há uma certa química envolvida. O contato físico dos lábios (terra), a emoção que percorre o corpo (água), os pensamentos que atravessam a sua mente (ar) bem como o desejo, iniciativa, paixão e a atração (fogo).

Alquimistas e astrólogos se empenham em alcançar o equilíbrio dos quatro elementos a fim de transmutar o imperperfeito, o normal e as situações mundanas. Podemos dividir os quatro elementos em duas partes: feminina (água e terra) e masculina (fogo e ar). Yin e Yang. É um espelho dos dois maiores arquétipos humanos, o feminino (ternura e praticidade) e o masculino (atividade e comunicação). Essa divisão nos diz que para alcançar o equilíbrio e criar uma vida perto da perfeição, precisamos honrar, equilibrar e melhorar as nossas características inerentes, tanto a feminina quanto a masculina, independentemente de nosso sexo, obviamente, sem subverter certos fundamentos básicos.

As Três Qualidades

Os quatro elementos formam a espinha dorsal de vários estudos esotéricos. Na astrologia, cada um dos quatro elementos também pode ser expressado em três diferentes estilos. Estas variações de expressão são chamadas de "qualidades". A Astrologia segue as quatro estações, que correspondem aos quatro elementos e cada um desses períodos de três meses de duração é composto de um começo, meio e fim. Todo mês eles se manifestam na natureza de uma maneira variada. O início do inverno, por exemplo, não é tão frio como o meio. O meio do verão é geralmente um pouco mais quente do que o fim. As três qualidades representam estas três partes das estações:

A qualidade CARDINAL marca o início da temporada e o poder da iniciação;
A qualidade FIXA corresponde ao meio da estação e o poder de sustentação;
A qualidade MUTÁVEL representa o fim da estação e do poder de mudança.

Os Signos e seus Elementos e Qualidades

Qualidade FOGO TERRA AR ÁGUA
Cardinal Áries Capricórnio Libra Câncer
Fixo Leão Touro Aquário Escorpião
Mutável Sagitário Virgem Gêmeos Peixes

Cada um dos quatro elementos apresenta uma expressão cardinal, uma expressão fixa e uma expressão mutável. Quatro elementos [x] três qualidades é = a doze campos de energia diferentes, por isso os doze signos.

Por exemplo: embora Áries, Leão e Sagitário sejam signos de fogo, cada um representa um arquétipo diferente. Fazendo uma analogia, Áries, personifica o guerreiro ou soldado. Leão personifica o rei, que é protegido pelo guerreiro e Sagitário personifica o profeta, assistente ou conselheiro, que assegura a defesa da ética tanto do guerreiro quanto do rei.

Podemos utilizar aqui também um simbolismo bíblico: Davi, o guerreiro ruivo (Áries), foi ungido por Samuel, um emblemático sábio profeta (Sagitário). Davi usurpou o reino do antigo rei Saul, iniciando uma dinastia. Áries, o signo de fogo cardinal, começa o processo.

Sagitário, o signo mutável, atua como o mensageiro, a ponte, o agente de mudança de uma época para a outra, neste caso de uma dinastia (Saul) para outra (David).

Leão, o signo de fogo fixo, em seguida, recebe a chama de Áries e se esforça para mantê-la acesa. Neste caso, o rei Salomão, que simboliza o aspecto de nascido como rei que o signo de Leão possui. Ele herdou o reino de seu pai e governou em paz com seu harém.

Os signos cardinais iniciam as estações no hemisfério norte: Áries começa a primavera, Câncer o verão, Libra o outono e Capricórnio o inverno. Estes signos cardinais nos propelem para frente, exigindo o melhor que podemos dar. Atuam como "personal trainers" que ajudam a florescer o que temos de melhor.

Os signos fixos, inseridos no meio da temporada, irradiam toda força da tendência sazonal. Touro inicia quando a primavera floresce em toda parte; Leão vem sob o forte sol; Escorpião, o signo da morte ou fim de ciclo, governa quando as folhas caem das árvores e Aquário governa quando o gelo e o frio se agarram ferozmente ao solo.

Toda esta simbologia foi criada tendo como base o hemisfério norte. Outras civilizações situadas no hemisfério sul que também se valiam do estudo da astrologia possuiam outros símbolos e nomes correspondentes, como é o caso de algumas civilizações da américa do sul.

Os ritmos das qualidades

Os signos cardinais: Áries (fogo), Libra (ar), Câncer (água) e Capricórnio (terra), têm tendência para impulsividade nas ações e costuma gerar audácia e coragem para tomar iniciativas, podendo também causar precipitação e impaciência. Inovação é outra característica positiva. Ao mesmo tempo em que gera força para começar coisas, pode trazer dificuldades para continuar e manter o que se iniciou.

Os signos fixos: Touro (terra), Escorpião (água), Aquário (ar) e Leão (fogo) tendem a ser mais resistentes a qualquer tipo de mudança, daí surgem características como estagnação e teimosia. Podem ter problemas para se adaptar a mudanças, mas costumam ter muita força de vontade para trabalhar em busca de seu sustento e manter o foco nas tarefas. Seus desejos e emoções tendem a ser intensos e gostam de manter as coisas, sejam bens materiais ou relacionamentos.

Os signos mutáveis: Gêmeos (ar), Sagitário (fogo), Peixes (água) e Virgem (terra). Tendem a ser mais flexíveis, adaptáveis e astutos por conta dessa mutabilidade. Por outro lado, essa mesma ação mutável também pode trazer dúvidas, indecisão e um pouco de superficialidade. Porém, por baixo de toda essa possível alternância, existe uma enorme força propulsora de adaptação a qualquer situação.

Os elementos e o seu temperamento

O que os elementos têm a ver com nosso temperamento? Bastante coisa. Cada elemento possui características bem definidas que podem nos influenciar de várias maneiras.

Pense na Terra como algo concreto. Ela tem a ver com nossa capacidade de realização, com o toque, sensações;
Já o Fogo é mais ardente, abstrato, influenciando a criatividade, as novas ideias, atiçando aventuras, propelindo ação e o nosso lado artístico.
O Ar e nossa comunicação tem tudo a ver. Ele estimula nossa mente e dá força aos nossos pensamentos e linguagem, sempre em busca do melhor;
A Água tem a ver com emoções. Transparente, faz todos os sentimentos ganharem vida e força dentro da gente. Seu temperamento mais especial.

Cada pessoa tem um temperamento muito particular, um misto de influências astrológicas e experiências diárias. Nosso signo solar, lunar, o ascendente e vários outros aspectos se unem para nos influenciar de várias formas. Vai depender de nós como receberemos essas influências, como vamos processá-las.

O temperamento acaba sendo um reflexo dessas influências e do nosso interior. Tudo que fazemos dia após dia, como reagimos a cada tipo de situação, como tratamos os outros e até nossos trejeitos e maneira de se vestir mostram como nossas experiências de vida e os astros nos influenciaram. E é através do nosso temperamento que as pessoas vão tentar nos entender e conhecer melhor.

Quando fazemos nosso mapa astral, na verdade estamos tentando "calcular" com a maior precisão possível as influências que os planetas, signos e aspectos podem exercer sobre a gente. Da mesma forma devemos considerar a importância dos elementos que se relacionam com os signos e os planetas. Terra, fogo, ar e água também podem influenciar nosso temperamento e humor. Na verdade, assim que começamos a olhar nosso mapa astral, uma das primeiras coisas que analisamos é justamente a representatividade de cada um desses elementos no mapa.

Se você já viu seu mapa astral, deve ter visto as porcentagens dos elementos: se terra fraco, água fraco, fogo forte, ar forte e por aí vai. Isso é um demonstrativo da presença dos elementos em sua personalidade. No caso citado, por exemplo, terra e água estariam meio que ausentes, enquanto que fogo e ar estariam bem presentes.

O que pode acontecer? Bom, a falta de algum elemento no mapa pode levar a pessoa a tentar preenchê-la de alguma forma. Talvez se relacionando com pessoas que tenham traços fortes desses elementos. Já a presença excessiva de alguns elementos pode levar a pessoa a ser muito influenciada por eles, o que pode causar um certo desbalanceamento para com os significados e situações dos outros.

Os quatro elementos ainda se dividem em outras dimensões: seco / úmido e quente / frio. Juntando todas estas características podemos mapear a influência que elas levam para cada signo.

Humor pelas fases da Lua

As fases da lua tem humores e elementos geralmente associados à elas:

Humor colérico (elemento fogo): Lua crescente à Lua cheia;
Humor melancólico (elemento terra): Lua cheia à Lua minguante.
Humor sanguíneo (elemento ar): Lua nova à Lua crescente;
Humor fleumático (elemento água): Lua minguante à Lua nova;

O Poder Essencial dos Signos

Você pode assimilar muito sobre qualquer signo astrológico simplesmente combinando as características de seu elemento com as de sua qualidade. Esta fórmula fácil ajuda a determinar a raiz do poder de qualquer arquétipo específico, estimulando a sua compreensão das pessoas ao seu redor.

Áries: É fogo cardinal. Sua raiz de poder deriva de uma capacidade de iniciar (cardinal) uma ação (fogo). O seu sucesso exige iniciação, empurrar para frente seus objetivos. É preciso se liberar (fogo) de qualquer opressão de modo que o indivíduo seja capaz de conduzir (cardinal) a si mesmo e aos outros.


Touro: É terra fixa. Sua poder inerente deriva da estabilidade (terra) e paciência, sustentando (fixo) um esforço por longos períodos de tempo. É preciso conectar-se aos seus cinco sentidos e se fixar (terra + fixo) em assuntos que dizem respeito os seus talentos, valores e finanças.


Gêmeos: É o ar mutável. Seu poder inerente deriva da possibilidade de ajustar (mutável) o estilo de comunicação (ar) a qualquer circunstância flutuante. Improvisando (mutável) e exercendo a sua inteligência (ar), os indivíduos conseguem alcançar as suas aspirações.


Câncer: É a água cardinal. Seu poder inerente deriva do início (cardinal) de processos emocionais (água). É um doador (cardinal) de vida. Para explorar o seu potencial, precisa iniciar (cardinal) situações que permitam cuidar (água) de pessoas ou projetos.


Leão: É o fogo fixo. Seu poder inerente deriva da perseverança (fixa) em ação (fogo). Pode se tornar respeitado em seus círculos se mantiver uma força criativa (fogo) constante e concentrada (fixo) visando como objetivo final a excelência através da benevolência.


Virgem: É terra mutável. Seu poder inerente vem de sua capacidade para editar, corrigir e ajustar (mutável) situações para que a vida em torno dele se torne mais eficiente e eficaz (terra). Este trabalho editorial, em última análise, deve ser direcionado para servir à humanidade.


Libra: É ar cardinal. Seu poder inerente deriva de iniciar (cardinal) a comunicação (ar). Esta habilidade concede-lhe domínio sobre as relações, a política e a justiça, desde que iniciem (cardinal) conversas e trabalhem sua diplomacia (ar).


Escorpião: É água fixa. Seu poder inerente da capacidade de se manter (fixo) de forma intensamente emocional e íntima (água) nos relacionamentos. Pode ser bem-sucedido se permitir se expôr e ser exposto, se curar e ser curado, mergulhando tão fundo quanto puder na essência fundamental (fixo) das emoções (água) que motivam os outros.


Sagitário: É fogo mutável. Seu poder inerente vem de sua capacidade de espalhar (mutável) filosofias, conhecimento superior, códigos morais e crenças (fogo), especialmente quando exerce o seu senso inato de otimismo. Seu dever para com a humanidade está relacionado em ensinar, aprender e ajustar (mutável) as atitudes e ações (fogo) dos outros.


Capricórnio: É terra cardinal. Sua raiz de poder deriva de iniciar (cardinal) aplicações práticas de talentos, habilidades e recursos (terra). Encarna o plano de negócios da roda zodiacal. O sucesso é garantido quando define uma meta (cardinal) e em seguida pratica a paciência e disciplina para ancançá-la (terra).


Aquário: É ar fixo. Seu poder inerente deriva de uma interação estável e consistente (fixa) com a sua comunidade (ar). É o pilar (fixo) de um grande grupo de pessoas (ar). Seu sucesso está em cultivar ideias (ar) inovadoras, originais e futuristas.


Peixes: É água mutável. Seu poder inerente deriva da sua capacidade em melhorar a vida e gerar mudança (mutável) usando a imaginação, espiritualidade e compaixão (água). Pode cultivar o sucesso com a sua sensibilidade para o estado emocional (água) dos outros. Sonhos e fantasias (água) servem muitas vezes como instrumentos para manifestar sua vida preferida.

Leia também...

As Casas AstrológicasAs Casas Astrológicas
As casas astrológicas são separações, dividem o campo celeste em 12 áreas distintas e são como as áreas das nossas vidas. Ter um signo em uma determinada casa, significa poder se expressar ou adquirir algo para em seguida ponderar sobre as consequências e fazer uma nova ação, se necessário.
As Dignidades PlanetáriasAs Dignidades Planetárias
Domicílio, Exaltação, Queda e Exílio. As Dignidades Planetárias nos levam a crer que a relação entre planetas e signos é muito forte e relevante, até mesmo essencial para entendermos melhor a astrologia e termos embasamento para interpretar a influência que cada posição dos planetas pode exercer por completo.
A História da AstrologiaA História da Astrologia
Entenda como tudo começou. A Astrologia se desenvolveu de forma mais criteriosa na Mesopotâmia, com um conjunto de elementos classificados e organizados entre si pelos povos da Babilônia, Pérsia, Suméria e Assíria, além dos Caldeus.
Os Aspectos PlanetáriosOs Aspectos Planetários
Aspectos mostram basicamente como os vários planetas se dão uns com os outros, com base no local onde estão em um determinado momento. Um aspecto planetário é a distância específica entre quaisquer dois pontos ao redor da eclíptica zodiacal e são formados entre dois planetas.
Os Símbolos PlanetáriosOs Símbolos Planetários
Os símbolos (ou Glifos) Planetários têm uma história e significado. Ao contrário do que muitos pensam, não são só desenhos aleatórios e desconexos. São ideias singulares que se montam para criar a melhor forma de externar as energias envolvidas pelos planetas dentro da Astrologia.


ou efetue o login para visualizar seu Mapa Astral.

Signos no Astrolink

Piscianos ♓   9.12%
Cancerianos ♋   8.81%
Arianos ♈   8.78%
Geminianos ♊   8.75%
Taurinos ♉   8.59%
Aquarianos ♒   8.40%
Leoninos ♌   8.09%
Escorpianos ♏   8.06%
Virginianos ♍   8.05%
Librianos ♎   7.95%
Capricornianos ♑   7.76%
Sagitarianos ♐   7.65%


O céu no momento...

Sol ☉ 04 Can 16' 11"
Lua ☽ 26 Can 06' 24"
Mercúrio ☿ 09 Can 13' 50"
Vênus ♀ 19 Tou 52' 38"
Marte ♂ 13 Can 50' 32"
Júpiter ♃ 13 Lib 35' 51"
Saturno ♄ 23 Sag 45' 27" R
Urano ♅ 27 Ari 55' 52"
Netuno ♆ 14 Pei 14' 31" R
Plutão ♇ 18 Cap 28' 49" R
Quiron ⚷ 28 Pei 51' 04"
Lilith ⚸ 14 Sag 44' 48"
Nodo Norte 25 Lea 18' 54" R

Aspectos ativos

Lua☽Quadratura □Urano♅
Vênus♀Trígono △Plutão♇
Marte♂Quadratura □Júpiter♃
Marte♂Trígono △Netuno♆