O que são Signos Interceptados

Quando uma casa tem mais de 30 graus...
O que são Signos Interceptados
por Astrolink em Astrologia

Quem busca um aprofundamento na ciência da astrologia já pode ter se deparado com o termo signos interceptados. Esse conhecimento faz parte de uma base bastante técnica, mas pode revelar conflitos em mapas astrais que às vezes dificultam ou ofuscam interpretações corretas.

Por ser uma área mais distante do estudo básico do zodíaco, poucos astrólogos se dedicaram a um estudo mais abrangente deste fenômeno. Então, a grande maioria do conhecimento aqui dividido é baseado no trabalho de Joanne Wickenburg, disponível em livros como “Your hidden powers” e "Intercepted signs: Environment VS. Signs”.

A relação da extensão das casas com a incidência desse fenômeno

Para começar a entender o conceito que pretendemos apresentar, você deve ter em mente o formato cíclico de um Mapa Astral. Normalmente, nessa representação, cada casa tem uma extensão de aproximadamente 30°, dando uma divisão praticamente igualitária para todas as casas zodiacais e signos.

Porém, quanto mais distante o local de nascimento estiver da linha do Equador, pode haver alteração na sua extensão. Dependendo do local, a diferença pode chegar a até 60° (!), provocando uma diferença significativa na divisão do círculo zodiacal entre as casas.

Como as divisões são simétricas, a extensão da casa sempre é igual à da casa oposta, então teremos dois setores do zodíaco em que ocorrerão os signos interceptados.

O que são os signos interceptados?

Uma vez que esse cenário fica mais claro, podemos começar a aprofundar nos signos interceptados. Sempre que toda a extensão de um signo fica completamente dentro de uma casa sem tocar nenhuma de suas extremidades, ele é considerado interceptado.

Na prática, algumas vezes isso quer dizer que a energia desse signo tende a ficar truncada, indicando que há algo a ser resolvido dentro daquele contexto. É como se o Universo enviasse uma qualidade para a pessoa, mas essa mensagem se perdesse em algum lugar e prejudicasse seu entendimento.

É importante relembrar que mesmo em locais distantes do Equador a existência de casas e signos interceptados não é mandatória. Para se ter uma ideia, São Paulo –SP, que está localizada na latitude 23°, tem uma incidência de aproximadamente 22% desse tipo de fenômeno nos mapas de seus naturais.

Além disso, a extensão das casas astrais pode variar de acordo com o método de cálculo utilizado, como Plácidus, Koch e Morinus, por exemplo. A interpretação da relevância desse evento também pode variar: enquanto alguns astrólogos não o interpretam a interceptação como algo sério, outros já dão mais atenção a ela.

Os principais desafios dos signos interceptados

Na grande maioria dos casos, os signos interceptados podem causar alguns desequilíbrios no Mapa do indivíduo. Mas isso não significa que ele ficará deficiente ou reprimido em alguma habilidade, por exemplo, já que isso também depende das demais informações presentes no Mapa.

Podemos dizer que os signos interceptados trazem algumas dificuldades e frustração, especialmente se na casa houver algum planeta confinado. Da mesma forma, os signos presentes nas casas menores de 30°, que fatalmente contarão com mais de uma cúspide, também são afetados com uma falta de atenção aos temas relacionados com essas casas e signos.

Em resumo, podemos concluir que os signos interceptados são como "mensagens escondidas" em alguns Mapas Astrais. Não apresentam uma visão fatalista, mas devem ser interpretados de maneira cautelosa para que o indivíduo consiga superar seus desafios apresentados.

Leia mais artigos do Astrolink ver todos

As Casas AstrológicasAs Casas Astrológicas
As casas astrológicas são separações, dividem o campo celeste em 12 áreas distintas e são como as áreas das nossas vidas. Ter um signo em uma determinada casa, significa poder se expressar ou adquirir algo para em seguida ponderar sobre as consequências e fazer uma nova ação, se necessário.
As Dignidades PlanetáriasAs Dignidades Planetárias
Domicílio, Exaltação, Queda e Exílio. As Dignidades Planetárias falam que a relação entre planetas e signos é muito forte e relevante para a astrologia.
Os Aspectos PlanetáriosOs Aspectos Planetários
Aspectos mostram basicamente como os vários planetas se dão uns com os outros, com base no local onde estão em um determinado momento. Um aspecto planetário é a distância específica entre quaisquer dois pontos ao redor da eclíptica zodiacal e são formados entre dois planetas.
Combustão, Cazimi e Sob os Raios do SolCombustão, Cazimi e Sob os Raios do Sol
Para a Astrologia, a avaliação de um Mapa de forma completa deve levar em consideração diversos fatores. Um deles, pouco conhecido pelo público geral, está relacionado com a posição dos planetas em relação ao Sol.


O céu no momento...

Segunda-feira, 13 de Julho de 2020 | 05h40
Sol 21° 24' Can
Lua
Quarto Minguante
25° 35' Ari
ver ciclo lunar
Mercúrio 05° 32' Can
Vênus 10° 47' Gem
Marte 08° 52' Ari
Júpiter 22° 27' Cap R
Saturno 29° 11' Cap R
Urano 10° 14' Tou
Netuno 20° 51' Pei R
Plutão 23° 47' Cap R
Quiron 09° 26' Ari R
Lilith 18° 49' Ari
Nodo Norte 28° 53' Gem
Aspectos ativosorbe
SolQuadraturaLua4.18
SolOposiçãoJúpiter1.05
SolOposiçãoSaturno7.79
SolTrígonoNetuno0.56
SolOposiçãoPlutão2.39
LuaQuadraturaJúpiter3.13
LuaQuadraturaSaturno3.61
LuaQuadraturaPlutão1.80
LuaSextilNodo Norte3.31
VênusSextilMarte1.91
JúpiterSextilNetuno1.61
JúpiterConjunçãoPlutão1.33
NetunoSextilPlutão2.95
Ler mais

Signos no Astrolink

Piscianos    9.06 %
Arianos    8.86 %
Cancerianos    8.81 %
Geminianos    8.72 %
Taurinos    8.66 %
Aquarianos    8.25 %
Virginianos    8.16 %
Leoninos    8.14 %
Escorpianos    8.00 %
Capricornianos    7.90 %
Librianos    7.88 %
Sagitarianos    7.58 %