O Quadrantes de um Mapa Astral

Os quadrantes e os ângulos AC | DC | MC | IC
O Quadrantes de um Mapa Astral
por Astrolink em Astrologia

Um mapa astral pode ser dividido em quatro ângulos (ou quadrantes). Esses ângulos são separados pelo eixo horizontal AC / DC (Ascendente e Descendente) e o eixo vertical MC / IC (Meio do Céu e Fundo do Céu). São as Cúspides (linhas onde começam) das Casas 1, 4, 7 e 10.

Tais ângulos têm bastante peso na delineação astrológica e emanam muita energia, mostrando como somos (ou como gostaríamos de ser), como nos relacionamos e interagimos com as pessoas e como somos vistos por elas. Por isso, esses 4 ângulos são fundamentais para entendermos parte da nossa personalidade, como ela se estruturou e como funciona. Através deles, compreendemos melhor nosso passado, o presente e temos indicativos do nosso futuro.

Ascendente (AC), Descendente (DC), Meio do Céu (MC) e Fundo do Céu (IC)

AC é o Ascendente, a cúspide da nossa Casa 1. Descreve como nos percebemos e qual impressão imediata passamos ao mundo. É a nossa márca e temperamento básico, como nos expressamos e nossa individualidade, as tendências que nos fazem agir de determinada maneira, a lente por onde vemos o mundo.

O DC é o Descendente, descreve como percebemos os outros. É a cúspide da nossa Casa 7, diametralmente oposta à Casa 1 e tem a ver com o que projetamos nas outras pessoas. Talvez nos falte algo e acabamos por buscar isso no outro. Por isso, o DC trata das nossas parcerias sérias: relacionamentos, sociedades, casamentos e amizades. Também indica inimizades e como é nossa relação com cada pessoa, se nos damos melhor ou pior, etc.

Já o MC é o chamado "Medium Coeli" - ou Meio do Céu. É a cúspide da nossa Casa 10. Ele descreve nossa persona pública, nossa imagem, carreira e reputação. Coisas como status e qualquer tipo de reconhecimento passa por aqui. Qualquer pessoa ou entidade que esteja acima de nós (chefe, governo, policia) também são mostradas aqui. Talvez a indicação principal a ser encontrada no Meio do Céu é a da meta que queremos atingir, onde queremos chegar profissionalmente, o reconhecimento público.

O IC é o chamado "Immum Coeli" - ou Fundo do Céu. Descreve nossa persona particular e o nosso ambiente doméstico. Tem a ver com o lar, seja onde nascemos, ou o que ainda vamos formar. Nossas raízes estão aqui, tanto as do passado quanto as psicológicas. Podemos ver melhor se fomos mais influenciados pela figura paterna ou materna e notamos essas influências na nossa personalidade e no caráter formado.

AC, DC, MC e IC estão diretamente relacionados a determinadas áreas das nossas vidas. Saber o que cada ângulo pode dar de base informativa e filtrar tais informações é uma das chaves para o autoconhecimento.

Como os ângulos se relacionam

No mapa astral, o eixo vertical (MC / IC) separa as partes independentes e dependentes. O AC (o Eu, o Self) é, portanto, o centro da parte independente e o DC (os outros) é o centro da parte dependente. Verificando o mapa astral vemos qual dos quatro quadrantes tem mais planetas, assim podemos saber se somos mais voltados para o modo público ou privado e se somos mais independentes ou dependentes.

Ao interpretar um mapa astral, é importante lembrar que cada casa pertence a um determinado quadrante. Um mapa possui muitos ciclos diferentes, onde o desenvolvimento humano passa por diferentes estágios. A Astrologia é uma ferramenta de avaliação psicológica que vê as casas como estágios na jornada do nascimento à morte e como nos desenvolvemos em cada um desses estágios.

Veja abaixo um resumo de como é o modo de operação básico dos quadrantes em um mapa astral. Para uma análise mais aprofundada, leia nosso artigo sobre As Casas Astrológicas.


Primeiro quadrante: Individual e Privado
A definição pessoal, o desenvolvimento e a consciência de si mesmo.

O primeiro quadrante inclui as casas 1, 2 e 3. Estas são as casas entre o Ascendente (Eu) e o Immum Coeli (Lar). Se o primeiro quadrante tiver um número elevado de planetas, a pessoa tende a ser mais independente e privada, sempre fazendo coisas para si mesma. A pessoa sente que consegue fazer mais se não tiver gente incomodando, por isso costuma ignorar a opinião dos outros ou controlá-los em benefício próprio.

Eu uso meu tempo tempo comigo mesmo...

Os temas recorrentes para a expressão do primeiro quadrante são o auto-desenvolvimento, a independência e o foco em si mesmo.

"Quem sou Eu?", "O que Eu valorizo?", "O que Eu acho?"


Segundo quadrante: Dependente e Privado
A expressão pessoal, a integração do Eu no ambiente imediato.

O segundo quadrante inclui as casas 4, 5 e 6. Estas são as casas entre o Immum Coeli (Lar) e o Descendente (Os outros). Quem tem um grande número ou a maioria dos planetas em seu segundo quadrante, tende a ser uma pessoa mais dependente e privada. Seu foco principal na vida geralmente são as pessoas mais próximas, de quem gosta de cuidar e servir, ou encontrar aquele alguém especial que a complete. A pessoa gosta de se sentir a vontade com os outros criando mais intimidade e tende a buscar também o apeifeiçoamento.

Eu uso meu tempo com a família, os filhos e o trabalho...

Os temas recorrentes para a expressão do segundo quadrante são o desenvolvimento da consciência fora do Eu, com a família, os colegas de trabalho, os filhos, etc.

"O que eu sinto?", "O que eu farei?", "O que eu analizo?"


Terceiro quadrante: Dependente e Público
A definição social, a consciência de que existem Os Outros.

O terceiro quadrante inclui casas 7, 8 e 9. Estas são as casas entre o Descendente (Os outros) e o Meio do Céu (Imagem pública, status, carreira). Com a maioria dos planetas do mapa neste quadrante, a pessoa tende a ser dependente e pública. Gosta de fazer amizades e acaba sendo bem-sucedida por conta de suas conexões. Costuma se dar bem com todos os grupos sociais e adora o trabalho em equipe. Partilhar é importante.

Eu uso meu tempo com os outros e os parceiros...

Os temas recorrentes para a expressão do terceiro quadrante são o desenvolvimento da consciência sobre a sociedade, os relacionamentos, parcerias, intimidade, etc.

"Como eu equilibro o Eu e Os Outros?", "O que eu desejo e cobiço?", "O que eu enxergo além?"


Quarto quadrante: Independente e Público
A expressão social, a integração do Eu na sociedade.

O quarto quadrante inclui as casas 10, 11 e 12. Estas são as casas entre o Meio do Céu e o Ascendente. Com um grande número ou a maioria dos planetas neste quadrante, a pessoa tende a ser independente e pública. Tende a preferir trabalhar sozinha ou em ambiente impessoais, tais como grandes instituições onde interajam com o coletivo de uma forma organizada. Porém, tendem a sentir muito orgulho em mostrar seu sucesso para os outros e querer interagir com a coletividade, encontrando assim o seu lugar na sociedade.

Eu uso meu tempo com a minha vida pública...

Os temas recorrentes para a expressão do quarto quadrante são o desenvolvimento da minha consciência à respeito do mundo, da humanidade, dos meus objetivos e do serviço público.

"O que Eu uso?", "O que Eu sei?", "No que Eu acredito?"


Leia mais artigos do Astrolink ver todos

Os Elementos, Qualidades e PolaridadesOs Elementos, Qualidades e Polaridades
Os quatro elementos formam a base de toda a vida: estamos de pé sobre a terra, as informações ao nosso redor apelam para o nosso intelecto e verbo evocando o elemento ar, nossas ações são regidas pelo domínio do fogo, enquanto que as emoções desencadeadas pelas nossas experiências vêm do elemento água.
As Casas AstrológicasAs Casas Astrológicas
As casas astrológicas são separações, dividem o campo celeste em 12 áreas distintas e são como as áreas das nossas vidas. Ter um signo em uma determinada casa, significa poder se expressar ou adquirir algo para em seguida ponderar sobre as consequências e fazer uma nova ação, se necessário.
Entendendo o Signo AscendenteEntendendo o Signo Ascendente
O Ascendente é considerado por muitos como um dos mais complexos assuntos da astrologia, causando inúmeras dúvidas. O que é de fato o Ascendente? É algo que complementa o nosso Sol? É mais forte ou mais fraco que o signo solar? Sou mais parecido com meu ascendente ou com meu signo solar?
Os Aspectos PlanetáriosOs Aspectos Planetários
Aspectos mostram basicamente como os vários planetas se dão uns com os outros, com base no local onde estão em um determinado momento. Um aspecto planetário é a distância específica entre quaisquer dois pontos ao redor da eclíptica zodiacal e são formados entre dois planetas.
O Meio do CéuO Meio do Céu
Se você está preocupado com qual direção tomar em um determinado momento, ou com a carreira que você escolheu (ou que teve que seguir), sempre considere o Meio do Céu em seu mapa astral, onde não há sombras ou dúvidas, mas um possível guia para considerar o melhor rumo.
O que são Decanatos no Mapa Astral?O que são Decanatos no Mapa Astral?
O decanato é uma das ferramentas astrológicas utilizadas para entender o impacto da posição dos astros no nascimento de uma pessoa.


ou efetue o login para visualizar seu Mapa Astral.

Signos no Astrolink

Piscianos    9.11 %
Arianos    8.83 %
Cancerianos    8.81 %
Geminianos    8.65 %
Taurinos    8.62 %
Aquarianos    8.26 %
Leoninos    8.18 %
Virginianos    8.11 %
Escorpianos    8.06 %
Librianos    7.91 %
Capricornianos    7.81 %
Sagitarianos    7.64 %


O céu no momento...

Sol 25 Sag 46' 47"
Lua 22 Ari 00' 58"
Mercúrio 04 Sag 45' 29"
Vênus 10 Esc 32' 32"
Marte 20 Pei 26' 41"
Júpiter 08 Sag 42' 56"
Saturno 09 Cap 42' 32"
Urano 28 Ari 46' 20" R
Netuno 13 Pei 50' 31"
Plutão 20 Cap 07' 52"
Quiron 27 Pei 55' 52"
Lilith 14 Aqu 47' 13"
Nodo Norte 27 Can 12' 39" R

Aspectos ativos

Sol TrígonoUrano
Lua QuadraturaPlutão
Vênus SextilSaturno
Marte SextilPlutão