astrolink-galaxy

Veja seu Mapa Astral Grátis!

Já tem cadastro? 

Maternidade no Mapa Astral: Casa 5 pode trazer respostas

Entenda os indícios que a Casa 5 do seu Mapa Astral traz sobre a maternidade

Modo claro

12 minutos de leitura

Na vida de qualquer mulher, a maternidade (desejada ou não) representa grandes mudanças. Para quem quer engravidar, elas começam ainda durante o planejamento da concepção com a necessidade de entender questões como qual é o período mais fértil e favorável, por exemplo.

Depois, a gestante inicia uma jornada de aprendizado para saber como passar pelas transformações do próprio corpo e pela explosão hormonal que acontece nesta fase. Com a criança nos braços, o desafio é administrar o novo, entendendo a própria personalidade e, também, a do pequeno para, assim, encontrar caminhos para lidar com diversas questões da melhor maneira possível.

Descobrir como os astros influenciam essa jornada pode tornar tudo mais simples. Analisar os pontos que falam sobre maternidade no mapa astral ajuda a compreender melhor a personalidade, habilidades e desafios das mães e seus filhos.

Neste texto você encontra explicações sobre como a Casa 5 (abrigando signos e planetas) influência na maternidade de cada mulher e descobre como ele pode te ajudar nessa jornada. Boa leitura!

A maternidade no Mapa Astral

Quando o assunto é maternidade no mapa astral, uma série aspectos precisam ser avaliados. Nesse sentido, a Casa 5 do mapa astral, conhecida como a casa dos filhos, é, sem dúvidas, uma das mais importantes.

Isso porque a Casa 5 é a casa das criações, de tudo aquilo que temos como uma extensão de nós mesmos. É uma casa de Fogo, elemento que fala sobre identidade — sobre aquilo que eu identifico como meu, sobre aquilo que nasce de mim, que é uma extensão minha e que me traz orgulho, prazer e alegria.

A Casa 5 também marca o início de um novo ciclo de identidade - o que tem total relação com a transformação da mulher em mãe.

Gosto de dizer que a Casa 5 é a casa da criação e que nossos filhos são uma espécie de extensão de nós mesmas. Gostamos e nos orgulhamos de ver nossos traços genéticos e de personalidade refletidos em outro ser.

O signo que está na Casa 5 do nosso Mapa Astral mostra como agimos em relação aos filhos, quais são as características deles, o que nos trazem de aprendizado e como os criamos. Também fala muito sobre a nossa criança interior, sobre a nossa capacidade de amar e de se divertir nesse processo.

Portanto, para analisar e interpretar da Casa 5 precisamos olhá-la sob diferentes aspectos:

  • o signo em que a Casa 5 está;
  • se existe algum planeta na Casa 5 em seu mapa astral;
  • se existe algum planeta transitando por sua Casa 5 no momento atual.

De maneira geral, os planetas na Casa 5 são arquétipos ou símbolos das atividades que estão relacionadas à maternidade.

Para continuar a leitura é muito importante que você entenda como a sua Casa 5 se comporta. Se você ainda não sabe, acesse seu mapa astral gratuito para descobrir antes de continuar.

mandala indicando as casas do Zodíaco. Na casa 5, que fala sobre maternidade, tem a barriga de uma mulher grávida

Lembrando que a ausência de planetas nessa casa não significa a ausência de filhos. Assim como a presença de muitos planetas não significa muitos filhos. A quantidade, neste caso, é vista de outra maneira e não há consenso quanto a assertividade sobre o sexo e a quantidade de filhos.

Casa 5 em Áries ou Marte na Casa 5

Mulheres com a Casa 5 em Áries ou Marte na Casa 5 encaram a maternidade como um momento para fazer as coisas acontecerem e nela encontram espaço para serem corajosas. Com isso, a tendência à procrastinação é deixada de lado. Também é comum que sintam desejo de empreender, afinal, Marte traz esse senso de urgência, aumenta a ambição e ativa a competitividade.

Se Marte estiver em trânsito sobre a sua Casa 5, pode representar gravidez inesperada ou por impulso, visto que Marte na Casa 5 também tem relação com sexo sem compromisso.

Casa 5 em Touro, Casa 5 em Libra ou Vênus na Casa 5

Para quem tem Touro, Libra ou Vênus na Casa 5, a maternidade é vista como uma oportunidade para criar um ambiente estável, confortável e acolhedor para os filhos. Mães com essa configuração no mapa astral podem encontrar na maternidade beleza para a vida, senso de justiça, humor e harmonia. Manter a boa relação familiar e a união são prioridades. Além disso, costumam ser bastante compreensivas e gostam de passear e se divertir com as crianças

Valorizam a estabilidade financeira e material e trabalham duro para garantir que suas famílias tenham as necessidades básicas atendidas. Também costumam ser muito protetoras.

O ciúme e a dificuldade de impor limites ou disciplinar os filhos quando necessário são os principais desafios. Seus filhos costumam apresentar características como simpatia, afetividade, amorosidade e busca por justiça.

Casa 5 em Gêmeos, Casa 5 em Virgem ou Mercúrio na Casa 5

Pessoas com Casa 5 em Gêmeos, Casa 5 em Virgem ou Mercúrio na Casa 5 têm a comunicação como um ponto de destaque expressivo. Por isso, tendem a se sentirem mais confortáveis na maternidade quando os filhos já sabem falar — gostam de conversar, explicar e querem saber tudo sobre a rotina dos pequenos.

Além disso, a maternidade traz muita vontade de estudar e conhecer sobre o mundo - tanto que pode até gerar estafa mental. Nesse caso, é aconselhável o envolvimento de grupos em que seja possível o compartilhamento de ideias, experiências e incertezas em relação a maternidade, criando um ambiente saudável de trocas que te ajudam a se desenvolver. Também indica preocupação com os filhos e necessidade de ter mais conversas. Mães com Gêmeos ou Virgem na Casa 5 podem ficar mais críticas e analíticas com a maternidade.

Quem tem Gêmeos na casa 5 vê a maternidade como um estímulo intelectual e social e deseja criar os filhos de maneira eclética e versátil. Já quem tem Virgem na Casa 5 vê a maternidade como um momento para se aperfeiçoar. Existe ainda um desejo de criar os filhos de maneira realista e ordenada.

mulher abraçando os filhos em uma mesa com alimentos

Seus filhos - provavelmente mais de um - tendem a expressar uma personalidade comunicativa. Inclusive, um pode ser mais da expressão verbal e outro da escrita, mas poderão ser expressivos, racionais e muito curiosos. Crianças que gesticulam bastante e com boa capacidade de aprender e assimilar.

Quer saber como essas informações podem afetar sua vida?

Casa 5 em Câncer ou Lua na Casa 5

Ter a Casa 5 em Câncer ou Lua na Casa 5 mostra uma mulher com ótima capacidade de reprodução e muita fertilidade. Também indica que a mulher pode sentir de maneira mais acentuada a vontade de ser mãe.

Além disso, a maternidade para quem tem a Casa 5 em Câncer ou a Lua na Casa 5 pode ser um convite para revisitar assuntos familiares mal resolvidos e questões doloridas com a mãe e ancestrais. A maternidade pode, portanto, servir como um momento de conexão consigo mesma, para se encontrar e se acolher.

Preocupação, dramas, vontade de cuidar e estar pertinho também são pontos característicos Seus filhos tendem a ser sensíveis, afetivos, instáveis, introspectivos, mas também muito instintivos e intuitivos.

Casa 5 em Leão ou Sol na Casa 5

Pessoas com Casa 5 em Leão ou Sol na Casa 5 emprestam toda a vibração e iluminação do astro para a maternidade. Tendem a ser mães positivas, alegres, criativas e que valorizam a diversão. É a mãe que brinca, se diverte, faz esporte e adora os momentos de lazer com os filhos. Depois do nascimento do filho, poderá se sentir mais alinhada com sua missão.

Isso porque a mulher com esse posicionamento ou trânsito no mapa astral vê a maternidade como um momento de expressar toda sua autenticidade e se conectar com sua essência. São mães protetoras e dedicadas, que querem criar os filhos motivando-os e incentivando a criatividade e a expressão artística.

A casa 5 em Leão ou Sol na Casa 5 pode trazer alguns desafios na maternidade, como a tendência a ser um pouco autoritária ou dominadora. Essas mães podem ser muito exigentes com seus filhos e ter dificuldade em lidar com a imperfeição ou a falha. Além disso, como são muito orgulhosas, podem ter dificuldade em pedir ajuda ou reconhecer quando estão erradas.

Casa 5 em Escorpião ou Plutão na Casa 5

Quem tem a casa 5 em Escorpião ou Plutão na Casa 5 tende a enxergar os filhos como uma grande fonte de transformação, tornando possível vencer crises e curar traumas. Isso porque, de certa forma, a maternidade traz o contato com a morte — ou morrer para renascer — além de grande força de vontade para mudar.

A pessoa, aqui, terá que aprender a lidar com a dominação, o controle, alguns vícios e a tendência manipuladora. Essa experiência trará encontro com a própria sombra de modo a trazer grandes mudanças para enxergar a sua própria luz. Transforma-se quando cria um ser e o educa.

Um trânsito de Plutão é extremamente longo, então precisa ser analisado de uma maneira mais profunda, como quando forma aspectos com outros planetas nesse Mapa Astral.

Casa 5 em Sagitário ou Júpiter na Casa 5

Pessoas com a Casa 5 em Sagitário ou Júpiter na Casa 5 podem achar a maternidade, no início, assustadora. É como se sentissem uma grande limitação em sua liberdade mental e geográfica. Essa sensação pode desaparecer com o tempo. A maternidade, portanto, pode ser vista como um momento de crescer espiritualmente.

São mulheres geralmente muito entusiasmadas com seus filhos, que gostam de encorajá-los a explorar o mundo e a se expressar livremente. Também são muito abertas e tolerantes, permitindo que seus filhos sejam quem são, sempre estimulando sua curiosidade intelectual.

Pode haver uma certa dificuldade em estabelecer limites claros com os filhos, resultando em problemas comportamentais e emocionais.

Também vale pontuar Júpiter é o símbolo da expansão. Quem tem Júpiter na Casa 5 ter mais de um filho ou mais de uma gestação. Além disso, um trânsito de Júpiter nesta casa também pode indicar o ano em que uma gestação pode acontecer.

barriga de mulher grávida com mãos em formato de coração

Casa 5 em Capricórnio ou Saturno na Casa 5

Saturno é o planeta que "empresta" suas qualidades para o signo de Capricórnio. Por isso, quem tem Saturno na Casa 5 ou Casa 5 em Capricórnio pode sentir um certo medo da maternidade. Muitas vezes, mulheres com esses pontos no mapa astral preferem se tornar mães quando tudo estiver resolvido na sua vida, principalmente profissional. Isso porque podem sentir que ter um filho atrapalha a carreira.

Saturno tem como características a restrição, a estrutura, a cobrança e a disciplina. Se a mulher com este posicionamento ficar grávida na juventude, pode sentir mais inseguranças diante dos obstáculos — que, vale pontuar, serão fontes de grandes aprendizados.

Quando a casa 5 do mapa astral está posicionada em Capricórnio, a maternidade é vista como uma responsabilidade séria e uma oportunidade para construir uma base sólida para o futuro dos filhos. Geralmente, são mães muito focadas no futuro e na segurança financeira das crianças. Elas encorajam a independência e a autonomia desde cedo, incentivando o trabalho duro e a preparação para o futuro. Essas mães também costumam ser muito responsáveis e organizadas, criando uma rotina clara e estabelecendo limites adequados.

Os principais desafios podem estar relacionados ao excesso de rigidez e à dificuldade em equilibrar as demandas da maternidade com outras responsabilidades.

Vale pontuar que um trânsito de Saturno na Casa 5 de qualquer mapa astral pode representar um período de dificuldade para engravidar ou uma gravidez que traz insegurança.

Casa 5 em Aquário ou Urano na Casa 5

Urano na Casa 5 ou Casa 5 em Aquário pode indicar uma gestação inesperada, algo que não estava previsto ou planejado. Por outro lado, a maternidade pode trazer libertação espiritual, senso de coletivo, agitação mental, expansão de consciência e grandes mudanças na vida desta mulher.

A mulher que tem esses pontos no mapa astral, quando pensa em maternidade, pensa em estudar bastante, em fazer diferente e fazer diferença na criação desse novo ser humano. É o tipo de mãe que se preocupa com o impacto social e ambiental que essa criança vai trazer, portanto, toma atitudes mais conscientes, que incluem a forma de educar e vestir a criança.

Um trânsito de Urano na Casa 5 (que dura cerca de 7 anos) pode representar uma gravidez inesperada ou sustos com os filhos. Além disso, pode indicar adoção de uma criança ou simplesmente a decisão de não querer ter filhos ou vir a abandoná-los.

Casa 5 em Peixes ou Netuno na Casa 5

Quando Netuno está posicionado na Casa 5 - ou quando a Casa 5 é em Peixes - a maternidade pode ser vista como uma experiência profundamente espiritual e criativa. São mães emocionais e empáticas com seus filhos, capazes de criar um ambiente acolhedor e amoroso.

Para as pessoas que têm o mapa astral com a Casa 5 em Peixes ou Netuno na Casa 5, um filho também pode indicar desilusão, já que a mulher pode se decepcionar com a realidade e ou sentir que se sacrifica demais — resultado de uma certa nebulosidade ou confusão em relação aos seus sonhos e expectativas.

A mãe precisa ter fé, perdoar e aceitar a maternidade como ela é, com suas dores e delícias. Nem sempre será um mar de rosas, mas é possível fluir e se conectar com o filho.

bebê sentado no chão chorando

Um trânsito de Netuno dura cerca de 12 anos e, quando passa pela Casa 5, é preciso cuidado com grandes decisões. Pode indicar maior conexão mãe e filho, sensibilidade e intuição. Também pode acontecer uma gestação silenciosa, em que a mulher nem percebe a gravidez ou que os exames não a mostram.

Se você gostou de saber sobre os aspectos que se referem à maternidade no mapa astral, que tal ler outro artigo sobre Mapa Astral infantil?

Mapa Astral e fertilidade

Outro aspecto relacionado à maternidade que pode ser observado e analisado no mapa astral é o relacionado à fertilidade. Isso porque, por meio dele, é possível descobrir quais são os períodos mais favoráveis para engravidar.

Existem indícios de maior fertilidade quando Júpiter transita sobre a Lua Natal ou sobre a Casa 5, assim como Júpiter ou Lua na Casa 5 na Revolução Solar.

Já os trânsitos de Saturno sobre a Lua ou casa 5 podem dificultar as coisas. Isso não significa, é claro, que a gestação não pode ocorrer nesses períodos, mas, sim, que pode demandar mais esforços.

Se quiser saber mais sobre este assunto, leia nosso texto sobre Astrologia e Fertilidade!

Categorias

O céu no momento...

sábado, 13 de julho de 2024 | 07:22