astrolink-galaxy

Veja seu Mapa Astral Grátis!

Já tem cadastro? 

O que é o Ano Novo Astrológico

A entrada do Sol em Áries marca o início da jornada zodiacal

Por Astrolink em Astrologia básica

Modo claro

10 minutos de leitura

Diferentemente do ano novo tradicional - celebrado pelo mundo todo em no dia 01 de janeiro -,  o Ano Novo Astrológico ocorre geralmente entre os dias 20 e 21 de março.

Nesta data, o Sol deixa Peixes, o último signo do Zodíaco e retorna a Áries, iniciando um novo ciclo. É tempo de colocar novos planos em ação e recomeçar com entusiasmo e disposição.

Neste conteúdo você entenderá melhor o que é o ano novo astrológico e porquê ele é a data mais compatível com a realidade da natureza, quais são suas origens e porque ele só começa em março. Boa leitura!

Mulher contemplando o horizonte

O que é o Ano Novo Astrológico?

O Ano Novo Astrológico é o dia que marca a entrada do Sol em Áries, o primeiro signo do Zodíaco. Diferentemente do ano novo tradicional, que tem raízes culturais e políticas, o Ano Novo Astrológico é definido por meio de bases astronômicas e está relacionado a ciclos naturais do nosso planeta, mais especificamente com o Equinócio de Primavera no hemisfério Norte (Equinócio de Outono no hemisfério Sul).

É quando a "chave solar" finalmente vira, abrindo caminho para um novo ciclo. Para você entender melhor: o Zodíaco é um calendário de sinais - também chamados de signos - que se repetem ciclicamente. Esses signos conseguem indicar mudanças ambientais, respostas adaptativas e, no caso humano, interferir no humor e energia física.

A palavra Zodíaco, aliás, vem da combinação das palavras Zoé - que significa meio ambiente, natureza, criação natural do meio do qual emergimos - e Diakus - que significa roda, circuito, ciclo, repetição, dinâmica de movimento. Assim, o Sol quando chega aos "zero graus de Áries" no sistema eclíptico de referências, recomeça um novo ciclo ambiental.

Zodíaco

Por que o Ano Novo só começa em março?

Essa é uma dúvida comum: por que estamos dizendo que o ano novo só começa em março, com a entrada do Sol em Áries, se celebramos a chegada do ano novo em janeiro? Nosso calendário está errado?

Na verdade, não. Primeiro, é importante destacar que são coisas diferentes. Como explicamos acima, o Ano Novo Astrológico tem relação com o Equinócio de Primavera no hemisfério Norte - e com o Equinócio de Outono no hemisfério Sul - e o ano novo tradicional é uma data civil cultural.

Para que você entenda melhor, apresentaremos algumas curiosidades. Vamos voltar um pouquinho no tempo:

Você já reparou que alguns meses do ano têm nomes que lembram números? Setembro, outubro, novembro e dezembro… ou seja, sete, oito, nove, dez…

Porém, você já notou que em nosso calendário tradicional, setembro é o mês 9 e não o 7, assim como novembro é o mês 11 e não 9?

Repare que os algarísmos, com sua pronúncia em latim, ficam ainda mais próximos dos nomes dos meses em inglês: 7 - septem (september) | 8 - octo (october) | 9 - novem (november) | 10 - decem (december).

Agora, faça as contas. Se setembro fosse o mês 7, outubro seria o mês 8, novembro o mês 9, dezembro o mês 10, janeiro o mês 11, fevereiro o mês 12… e março seria o primeiro mês do novo ano!

A data do ano novo astrológico fez mais sentido para você agora?

Sobre o Ano Novo tradicional, vamos à explicação: tradicionalmente, ele é celebrado por conta do nosso calendário ser uma adaptação do calendário egípcio antigo. Ele foi introduzido por Júlio César no século 46 antes de Cristo. Esse calendário tem uma forte relação com a cultura romana e é daí, aliás, que vêm o nome de alguns outros meses, como julho - referência ao imperador romano Julius - e agosto, referência ao imperador romano Augustus.

Culturas antigas

Qual é a relação dos Solstícios e Equinócios com o Ano Novo Astrológico?

Para entendermos melhor a relação entre o Equinócio de Primavera, Equinócio de Outono e o Ano Novo Astrológico, primeiro, é preciso compreender o conceito astronômico de Solstícios e Equinócios e a diferença entre os dois.

A explicação é simples e faz muito sentido: os Equinócios ocorrem quando o Sol está próximo da linha do equador celeste, iluminando igualmente os dois hemisférios da Terra. Eles marcam a chegada da Primavera e do Outono.

A palavra Equinócio é derivada do Latim aequus nox, que significa noite igual. Astrologicamente, o Equinócio de Primavera marca a chegada do Ano Novo Astrológico, com Áries predispondo naturalmente ao início de um novo ciclo.

Aqui, vale uma rápida explicação: neste texto, você vai notar que falamos muito em equinócios e solstícios em referência ao hemisfério Norte, em vez de destacarmos o que ocorre no hemisfério sul. Isso acontece porque o hemisfério Norte é o berço da astrologia, portanto, toda a contagem de tempo se baseia nesse padrão.

No Equinócio de Primavera, os sinais naturais ambientais, a relação de calor e umidade do ciclo de Peixes está indo embora. O que quer que tenha sido experimentado, refletido, integrado ou deixado para trás, dá margem para uma nova ação, carregada de novas possibilidades e experiências.

A motivação pode tomar conta, nos deixando mais energizados, renovados e com mais conhecimento, prontos para aproveitar o novo ciclo com mais disposição e uma nova proposta de acontecimentos na vida.

Já os Solstícios acontecem no verão e no inverno, quando o Sol, no ponto mais distante da linha do equador celeste, ilumina mais um hemisfério do que o outro.

Inverno e Verão

A palavra Solstício é derivada do Latim sol sistere, que significa sol parado. O Solstício de Inverno no hemisfério norte marca um período de frio e noites mais longas, pois há menor incidência da luz solar. É tempo de recolhimento e introspecção.

Esse fenômeno é um convite a sair da nossa concha e procurar calor humano, nos relacionar com outras pessoas para participar e pertencer a algo. Assim como algumas espécies de caranguejo migram nessa época em busca de alimento e abrigo, talvez devamos procurar o nosso grupo para nos apoiar.

Solstícios e Equinócios têm relação com os Signos Cardinais. Eles marcam o início de cada estação e trazem sinais característicos de cada época. No Brasil, o Equinócio de outono ocorre em Áries, o Solstício de Inverno em Câncer, o Equinócio de Primavera em Libra e o Solstício de Verão em Capricórnio.

Lembrando que esse Eixo Cardinal é muito relevante na leitura do nosso Mapa Astral. Eles trazem temas como ação, emoção, aumento de energia, equilíbrio e ambição e podem servir como guias das mais diversas áreas e sob as mais diversas formas em nossa psique e nos setores de nossas vidas.

Celebrações do Ano Novo Astrológico no Mundo

A celebração do Equinócio de Primavera é uma tradição ancestral que perdura até hoje em várias partes do mundo e sua simbologia é poderosa.

No oriente próximo (onde surgiu parte das imagens do Zodíaco que conhecemos), se comemora o Noruz no dia exato da entrada do Sol no Signo de Áries. É uma festa tradicional que existe há pelo menos 3.000 anos. Ela envolve países como: Afeganistão, Azerbaijão, Índia, Irã, Iraque, Cazaquistão, Quirguistão, Uzbequistão, Paquistão, Tajiquistão, Turquemenistão e Turquia.

Quer saber como essas informações podem afetar sua vida?

Festejando com fogo

O dia nacional do Irã é o dia 21 de Março, ou seja, a entrada do Sol em Áries!

A partir deste dia, começam as tosquias dos Carneiros (símbolo do signo de Áries). De sua lã são feitos roupas e tapetes, que servem para refrescar o calor dos desertos durante o dia e aquecer o frio intenso à noite.

Tosquia do carneiro

A festa de Noruz é considerada "patrimônio imaterial da humanidade" pela UNESCO. Uma característica tradicional e típica desse período é a das pessoas se reunirem com a família e os amigos em torno de uma mesa decorada com objetos que simbolizam o início, a Luz e a luminosidade, o que significa vida e os aspectos da prosperidade.

As pessoas se adornam com roupas novas e visitam outras pessoas, vizinhos e parentes, em especial os mais velhos. Eles trocam presentes feitos de forma artesanal.

Nesta festividade de Ano Novo Astrológico, há música e dança nas ruas, além de ritos de água e fogo (Peixes e Áries) que são realizados em público. Competições esportivas e desportivas também são feitas (Áries) como parte das festividades. Esta festa, de fato, é repleta de simbolismos astrológicos!

Como aproveitar a chegada do Ano Novo Astrológico?

O novo ano astrológico tem início em 20 de março. O período em que o Sol percorre sua jornada por Áries é marcado por uma força de impulso e de renovação, sendo, muitas vezes, ideal para o início de novos projetos e para traçar metas e objetivos e começar a colocá-los em prática.

O Ano Novo Astrológico traz a possibilidade renovadora, que nos impulsiona para iniciarmos um novo ciclo em nossas vidas, aproveitando a força do elemento fogo. É um período favorável para desapegos e novas maneiras de agir, em que devemos mentalizar tudo o que queremos que renasça ou floresça em nossas vidas.

É super válido aproveitar esse momento para cuidar de nossa mente e corpo, buscando o equilíbrio e amadurecimento emocional, ao mesmo tempo em que perseguimos nossos objetivos para o próximo período. Relacionamentos, trabalho, saúde ou qualquer outro desejo merecem nossa atenção.

Reflexão

Todo ano, durante este período, convide quem você curte e faça um encontro focado. É um momento perfeito para todos trocarem ideias e se conhecerem mais. Como foi o ciclo que passou? Que novos objetivos traçaremos? Também é um bom momento para fazer as pazes ou para terminar de vez vínculos que não agregam em nada.

O Ano Novo de 01 de janeiro possui essa mesma simbologia, mas é apenas uma questão cultural do calendário ocidental, o qual uma das finalidades era unificar o recolhimento de impostos no império romano e, portanto, um calendário civil, administrativo e político.

Tenha em mente que todo o sentimento que temos sobre o ano novo tradicional serve também para o ano novo astrológico, só que ainda com mais propriedade. A impulsividade de Áries, principalmente em mapas mais centrados no elemento fogo e ar, podem dar ainda mais intensidade à percepção das coisas ao redor.

Os rituais também são uma excelente forma de aproveitar a chegada do Ano Novo Astrológico. Se quiser conhecer alguns, acesse nosso artigo sobre rituais de Ano Novo!

Quais são as principais influências astrológicas para 2024?

O ano de 2024 promete ser um período de transformações profundas e significativas no campo astrológico. Uma das movimentações celestes mais impactantes será a consolidação de Plutão em Aquário, um evento que ocorre aproximadamente a cada 248 anos. Esta transição marca o início de uma nova era, com influências que se estenderão por duas décadas ou mais.

Entretanto, o astro ainda fará um breve retorno a Capricórnio em 2024, onde finalizará questões pendentes, antes de estabelecer firmemente sua presença em Aquário, em novembro. Este posicionamento sinaliza uma fase de grandes inovações e revoluções, tanto ao nível pessoal quanto coletivo, incentivando mudanças radicais na forma como nos relacionamos com tecnologia, sociedade e ideais coletivos.

Além de Plutão, outros aspectos astrológicos relevantes em 2024 incluem importantes conjunções, quadraturas e trígonos, que trarão à tona questões relacionadas a crescimento, desafios e harmonia em diferentes áreas de nossa vida. Estas configurações celestes nos convidam a repensar nossos valores, relações e objetivos.

Para aqueles que buscam compreender mais profundamente as influências do Ano Novo Astrológico, nosso Guia Astrológico de 2024 oferece insights detalhados e curiosidades sobre este período único. Nele, exploramos como os movimentos dos astros podem afetar individual e coletivamente nossas vidas.

Encorajamos a todos a plantar suas sementes de intenções neste novo ciclo que se inicia a cada março. Com cuidado e atenção, essas sementes podem germinar, crescer e frutificar, trazendo realizações e aprendizados significativos em 2024.

Categorias

O céu no momento...

terça-feira, 28 de maio de 2024 | 23:17