astrolink-galaxy

Veja seu Mapa Astral Grátis!

Já tem cadastro? 

Rituais de Ano Novo

Plante suas sementes e cuide bem delas para que germinem

Por Astrolink em Bem estar e autoajuda

Modo claro

11 minutos de leitura

Rituais de Ano Novo são bastante populares em todo o mundo. Pular 7 ondas, comer lentilhas, usar roupas novas com cores relacionadas aos desejos para o próximo ano… esses são alguns dos exemplos mais conhecidos.

Mas você já se questionou sobre a origem dos rituais de Ano Novo? Como eles surgiram? Ou se os rituais funcionam mesmo?

Neste texto, você entenderá melhor o que são rituais e qual é a relação deles com a fé dos povos. Além disso, você confere 8 opções poderosas para você celebrar a chegada do Ano Novo. Boa Leitura!

O que são rituais?

Os rituais são uma série de ações ou comportamentos executados de maneira específica e repetitiva, muitas vezes com um propósito sagrado ou significativo. Eles são realizados por muitos povos em todo o mundo como uma forma de expressar sua fé e crenças.

Eles podem assumir muitas formas diferentes, desde simples orações diárias até celebrações mais elaboradas que envolvem danças, cânticos, oferendas e outras práticas.

Em muitas culturas, os rituais são usados ​​para se conectar com uma divindade ou poder superior. Por exemplo, em algumas religiões, as orações e oferendas são feitas para pedir bênçãos ou orientação divina. Em outras, para honrar os antepassados ​​ou para marcar transições importantes na vida, como nascimentos, casamentos e mortes.

Os rituais também podem ser usados ​​para criar um senso de comunidade e pertencimento. Quando as pessoas participam de um ritual em grupo, elas se unem em um propósito comum e compartilham uma experiência significativa. Isso pode ajudar a fortalecer os laços entre os membros da comunidade e proporcionar um senso de segurança e conforto em tempos difíceis.

Qual é a origem dos rituais de Ano Novo?

Pessoa andando na praia

O Ano Novo é uma das épocas em que os rituais ganham mais visibilidade. Você já deve ter visto muita gente pulando 7 ondas na praia, escolhendo a cor da roupa para a virada do ano ou mesmo preparando banhos de limpeza energética, certo?

Mas qual é a origem disso tudo?

Bem, os rituais de ano novo existem há mais de 4 mil anos. Mas diferentemente do que acontece atualmente, eles não eram realizados em 1º de janeiro — data em que celebramos o Ano Novo civil.

A festa, realizada pelo povo mesopotâmico, acontecia, geralmente, por volta de 20 de março — período em que celebramos o Ano Novo Astrológico. A comemoração era uma forma de marcar o fim do inverno e a chegada da primavera ao Hemisfério norte, trazendo promessas de melhorias no plantio e na colheita. Por isso, os rituais relacionados à data tinham como objetivo principal pedir alimento e fartura.

Com o passar do tempo, essas celebrações foram se popularizando, sendo derivadas e mesmo sofrendo algumas mudanças. A tradição de pular 7 ondas, por exemplo, tem origem em religiões de matrizes africanas, que cultuam Iemanjá. Esse ritual costumava ser feito em 2 de fevereiro, data em que se celebra o Orixá. Para esse grupo, o número 7 é considerado cabalístico e tem relação com Exú e as 7 linhas da religião. Assim, fazem oferendas à Rainha do Mar e pulam ondas fazendo pedidos. Com o tempo, o ritual passou a ser incorporado entre as práticas de virada do ano, durante a queima de fogos nas praias.

Já o consumo de lentilhas está relacionado as tradições de povos da antiguidade. Para eles, os grãos, de modo geral, representam a nutrição da terra. Alguns povos ciganos também associam a lentilha a bens materiais, por conta de seu formato similar ao de moedas. Assim, acredita-se que comer lentilhas atrai sorte e prosperidade.

De modo geral, os rituais estão sempre muito associados às crenças dos povos e sofrem alterações ao longo de sua existência.

Rituais de Ano Novo

Neste ponto do conteúdo, falaremos especificamente sobre a prática de rituais no Ano Novo. Primeiramente, é preciso esclarecer a diferença entre o Ano Novo civil e o Ano Novo Astrológico.

Enquanto o Ano Novo civil é realizado em 1º de janeiro, por conta do calendário gregoriano, o Ano Novo Astrológico tem relação com o Equinócio de primavera no Hemisfério norte — aquele mesmo celebrado pelos povos mesopotâmicos, lembra?

O Ano Novo Astrológico ocorre sempre por volta de 20 de março, quando o Sol entra em Áries, iniciando uma nova jornada pelos 12 signos do Zodíaco.

Então, quando devemos fazer as nossas preparações?

No ano novo civil, podemos aproveitar a egrégora de mudança celebrada pelo mundo todo e nos permitir contaminar pela energia do momento: finalizações, sonhos e resoluções para o novo ano estarão por todos os lugares.

De janeiro a março, passamos por um período de transição em que, já livres da bagagem do ano anterior, podemos refinar nossos desejos, plantar nossas sementes e deixar os planos no gatilho. Assim, no Ano Novo Astrológico, não tem mais conversa! É a hora de pôr em prática tudo o que viemos preparando nos últimos três meses.

Por isso, na chegada do Ano Novo Astrológico, é tempo de refletir o que precisamos renovar, aproveitando a proatividade ariana para agir. Podemos cuidar da mente e do corpo enquanto perseguimos nossos objetivos para o próximo período. Esse é um momento favorável para a busca do autoconhecimento.

Vale desapegar, pensar em novas maneiras de agir, mentalizar tudo o que queremos que nasça ou floresça em nossas vidas: relacionamentos, trabalho, saúde ou qualquer outro desejo.

Todo ano, durante essa época, recomendamos que você convide quem você gosta para trocarem ideias e se conhecerem mais. Como foi o ciclo que passou? Que novos objetivos traçaremos? Também é um bom momento para fazer as pazes ou para terminar de vez aqueles vínculos que não agregam em nada.

Nesse clima, preparamos um infográfico com alguns rituais de Ano Novo que podem auxiliar você nessa passagem. Esses rituais podem ser feitos em uma das datas ou nas duas. Siga a sua intuição para escolher quando e quais e, se necessário, adapte para o que faz mais sentido para você. Confira!

Info Ano Novo

Os rituais sugeridos no infográfico acima dizem respeito a essa preparação para o novo ciclo que está para se iniciar. Eles nos ajudam a promover um momento de reflexão e relaxamento, permitindo avaliar o caminho percorrido até aqui, nos dando a importante chance de exercitar a gratidão e estimulando a consciência sobre a necessidade de se planejar os próximos passos de acordo com nossas metas e desejos.

Mas você pode ainda incluir nessa passagem rituais direcionados para limpeza energética e realização de desejos. Veja, abaixo, algumas opções.

Banhos de limpeza e energéticos

Os banhos de ervas são usados na grande maioria das religiões e crenças que trabalham com a natureza. Seja para purificar as energias ou trazer amor, dinheiro e felicidade, todos podemos tirar proveito das energias das plantas.

O sal é eficaz para limpeza dos chakras, mas deixa nosso campo energético aberto, portanto não deixe de fazer a segunda parte. Para crianças e gestantes, dispense o banho de limpeza e use apenas as ervas.

Quer saber como essas informações podem afetar sua vida?

Limpeza energética

Sal

Materiais:

  • 1 litro de água morna;
  • 1 xícara de sal (normal ou grosso), ou o suficiente para deixar a água salgada como água do mar.

Misture o sal na água com as mãos e reserve. Tome seu banho higiênico normalmente, depois derrame a água salgada sobre o corpo, apenas do pescoço para baixo. Imagine ou visualize tudo o que há de pesado, toda a tensão que se acumulou no seu corpo durante o ano escorrendo junto com a água.

Banho de ervas

Ervas

Materiais:

  • 1 litro de água morna;
  • 1 xícara de ervas de sua preferência, de acordo com sua intenção;
  • coador de papel ou de pano.

Esquente a água e desligue o fogo assim que começar a borbulhar. Encha o coador de ervas (se usar o coador de papel, feche-o com um pregador de cozinha) e coloque-o na água para fazer uma infusão. Deixe a infusão descansar tampada por 5 minutos, depois descarte as ervas na natureza.

Depois do banho de limpeza, derrame a infusão sobre o corpo, do pescoço para baixo. Imagine ou visualize luzes coloridas preenchendo seu corpo, de acordo com sua intenção (cores correspondentes a pedidos, por exemplo, verde para boa sorte). Aproveite por alguns minutos a sensação e o cheiro das ervas antes de se secar. Use ervas secas ou frescas.

Veja, a seguir, alguns ingredientes que podem ser usados de acordo com cada intenção.

Prosperidade: canela em pau ou casca, alecrim;

Felicidade: louro, alecrim, manjericão, calêndula;

Amor: canela, hibisco, jasmim;

Saúde: hortelã, casca de maçã, lavanda, camomila;

Riqueza: cravo, louro, benjoim;

Proteção espiritual: alfazema, arruda, lavanda.

Queima de pedidos

Sacerdote com veka

Um ótimo jeito de entregar suas intenções ao universo é combinando a energia do fogo (desejo) e a do ar (comunicação). Não se engane com a simplicidade desse ritual, pois quando feito com dedicação é extremamente poderoso.

Materiais:

  • Papel e caneta;
  • Uma vela branca;
  • Um recipiente resistente a fogo.

Sente-se em um lugar calmo e sem interferências, procure relaxar e respirar fundo algumas vezes para se desconectar do dia. Acenda a vela.

Escreva em afirmações tudo o que você gostaria de levar ou conquistar no novo ano. Seja específico e coerente ao mesmo tempo. Por exemplo, caso você esteja cansado e deseje trocar de trabalho, pode escrever: “Eu vou encontrar um trabalho que me dê conforto material e estimule a minha mente”. Evite o uso de palavras negativas, pois poderão atrapalhar no momento de visualização.

Após escrever todos os seus desejos, separe-os em tirinhas de papel. Pegue o primeiro, leia em voz alta, passe pela vela e deixe queimar no recipiente. Enquanto o papelzinho queima, feche os olhos e imagine como você vai se sentir quando seu desejo se realizar.

Caso você já tenha passado por uma situação parecida, vale se lembrar de como você se sentiu bem naquele momento. O importante é associar o desejo à positividade, em vez de pensar na escassez de ainda não tê-lo realizado, pois atraímos exatamente aquilo em que pensamos.

Leia, queime e sinta os desejos, um de cada vez. Ao terminar, agradeça ao universo pelas oportunidades que você terá de realizá-los. Apague a vela.

Meditação de Luz e Sombra

Palo Santo

Além de relaxar, a meditação serve para nos conectar com nosso eu superior, com guias espirituais e também com nossos desejos mais profundos. Sente-se confortavelmente em uma almofada, em um lugar silencioso e sem interrupções. Utilizando a ferramenta de tarot do Astrolink ou um baralho de tarot físico, caso tenha em casa, escolha uma das seguintes perguntas:

- O que preciso deixar no ano que passou para ter um novo ano melhor?
- Qual é a grande lição que devo levar do ano que passou?
- Qual das minhas qualidades será a mais importante para eu realizar meus sonhos no ano que se inicia?
- Qual é o conselho do universo para que eu possa fluir no ano que se inicia?

Respire fundo, mentalize a pergunta escolhida e tire a carta. Primeiro, examine a imagem em detalhes e pense em todas as sensações que ela te causa: alegria, paz, medo, tristeza? Utilizando esse sentimento como base, leia a interpretação e veja como ela pode se encaixar na sua vivência.

Feche os olhos. Em silêncio ou em voz alta, inicie uma conversa com a carta ou com os personagens que aparecem nela. Pergunte quem são, por que estão ali, que mensagem estão tentando te passar.

Trabalhando a sombra:

Se a energia da carta for negativa, é provável que você tenha um aspecto de sombra a ser trabalhado. A imagem da carta pode te despertar sensações ruins: agonia, apreensão, animosidade. A ideia é fazer as pazes com essa energia, então converse com a carta até descobrir como aceitar esse sentimento e, a partir disso, o que fazer para deixá-lo para trás.

Trabalhando a luz:

Se a energia da carta for positiva, procure sentir com intensidade todas as sensações que ela te provoca, pense em momentos onde já se sentiu dessa maneira, e permita-se sonhar com mais. Pergunte o que fazer para tirar o máximo dessa energia ao longo do ano.

Não existe tempo mínimo nem máximo para essa conversa, termine quando sentir que o assunto está resolvido. Se desejar trabalhar os dois aspectos, faça o mesmo procedimento duas vezes, cada vez pedindo ao tarot para que mostre a sombra ou a luz que precisam ser trabalhadas.

Então, gostou de conhecer mais sobre os rituais de Ano Novo? Então, seja um assinante Premium do Astrolink! Em nossa área logada você tem acesso ao seu Horóscopo Personalizado, Tarot, Biorritmo e muito mais. Acesse!

Categorias

O céu no momento...

sábado, 18 de maio de 2024 | 09:54