astrolink-galaxy

Veja seu Mapa Astral Grátis!

Já tem cadastro? 

Plutão em Aquário: um longo e reformador trânsito

Por duas décadas, Plutão transitará por Aquário

Por Astrolink em Trânsitos e previsões

Modo claro

15 minutos de leitura

O tão aguardado momento na Astrologia mundial finalmente chegou: a entrada de Plutão em Aquário, que iniciou este movimento em 2023, mas é em 2024 que a transição passa a valer de verdade - o astro se move de vez para o setor de Aquário e permanecerá neste signo pelas próximas duas décadas!

Depois disso, quando mudar para Peixes, somente retornará a Aquário após cerca de 200 anos. Desta forma, esta é uma fase única para todas as gerações viventes, uma vez que a última vez que Plutão transitou por Aquário foi no século XVIII.

Mas antes, vamos entender brevemente o que é Plutão, porque ele é considerado um astro “transpessoal” e porque tudo isso importa.

Na verdade, Urano, Netuno e Plutão na Astrologia são considerados astros transpessoais, já que exercem influência não só no âmbito individual, mas também no coletivo. Isto porque, por estarem mais distantes do Sol, eles possuem ciclos longos, que não costumam se completar em nosso tempo de vida. Sendo assim, seus significados estão atrelados aos caminhos evolutivos para gerações ao longo da nossa história.

Por estarem para além de Saturno, eles só puderam ser observados devido aos avanços tecnológicos na área da astronomia a partir do século XVIII.

O momento em que cada um desses planetas foi descoberto diz muito sobre o que eles representam para a Astrologia e analisando o passado, podemos ter um vislumbre do que este próximo período de Plutão em Aquário nos aguarda. De fato, assim como em sua passagem anterior por este signo, vivemos momentos de profunda instabilidade política, social e econômica, advindos de algo que já vinha se desenhando na sociedade por anos.

Plutão foi avistado pela primeira vez já em 1930, quando um jovem decidiu seguir cálculos feitos pelo astrônomo amador Percival Lowel, anos depois de sua morte. A suspeita então foi confirmada e descobriu-se o nono planeta do sistema solar, hoje considerado um planeta anão pela astronomia, o que não influencia em nada na Astrologia.

O nome Plutão faz referência ao deus dos mortos e das profundezas e foi sugerido por uma menina de 11 anos que gostava de mitologia romana. Ele também foi utilizado em outra descoberta da ciência - a do elemento plutônio - e na cultura popular, com o personagem Pluto da Disney.

O que significa Plutão em Aquário

Com sua atual passagem por Aquário, Plutão parece estar correspondendo ao mesmo tipo de influência passada, embora atualmente interagindo com outros contextos e eventos, já que o mundo possui uma configuração social bem diferente daquela época. Hoje a tecnologia tem grande impacto em nosso dia a dia, sendo um ponto de observação importante principalmente quando o signo de Aquário está envolvido.

PlutãoA partir de 20/01/2024 Plutão retorna a Aquário após algumas idas e vindas recentes, ainda voltando a Capricórnio uma última vez entre 01/09 até o dia 19/11, data em que entra definitivamente em Aquário e por lá permanecerá até o dia 19 de janeiro de 2044.

Refletiremos sobre alguns insights e ideias de como nós, cidadãos do mundo, podemos conseguir continuar exercendo nossa individualidade, nossas virtudes e subjetividades nessa nova fase da nossa civilização. De modo a gerar um ambiente coletivo próspero, justo, abundante, saudável, feito de muitas belezas, erros e acertos, mas acima de tudo, livre, cheio de possibilidades e oportunidades.

Na caracterologia de Aquário, liberdade e fraternidade são coisas sagradas (seladas, perpétuas, imutáveis), e por ter o jugo de Saturno como seu regente tradicional (aquele que possui certa afinidade com a proposta do signo), o fator realidade, responsabilidade e disciplina também é aplicado ao contexto.

Mas, liberdade sem responsabilidade é igual a um elevador sem contrapeso, ou um balão de ar quente sem condutor. Ou seja, devemos sempre lutar por ela, mas sua bússola deve estar sempre calibrada, senão o destino pode ser tornar um lugar incerto e o caminho perigoso.

No atual momento, Plutão é um dos componentes astrológicos mais importantes a interagir com o mundo moderno por conta de sua transição para um novo signo. Iniciaremos um novo ciclo virtuoso pelos próximos 20 anos, o qual, na verdade, já estamos inseridos, pois na astrologia as coisas não acontecem do dia para a noite, mas gradualmente.

Mesmo antes de chegar o momento de transição, há um bom tempo já estamos na orbe (campo de influência) de Plutão em Aquário, mas é a partir deste ano que esta nova fase se inicia oficialmente, pois Plutão não mais retornará a Capricórnio por muito tempo.

Transição Plutão Capricórnio - Aquário

Quando Plutão ingressa em um novo signo, ele transforma os valores, temas e modo de operação desse signo. Compreender a sequência natural desse ciclo nos ajudará a entender a atual passagem, colocar as coisas em perspectiva e assumir a propriedade do processo de mudança.

Na astrologia, Plutão é associado à transformação profunda, morte, renascimento, às matrizes energéticas e aos trâmites de poder. A nível pessoal, principalmente quando está fazendo conjunções com luminares ou ângulos em nosso mapa astral, o efeito do astro nos conduz por processos intensos de transformação, fazendo-nos mergulhar nas profundezas de nossa psique.

Este processo pode ser dividido em algumas etapas dentro do ciclo para haver uma atualização em nossa jornada de individuação e maturidade.

O tipo de transformação que Plutão gera é muito profundo e leva em média 20 anos, tanto a nível pessoal como em Astrologia mundial. Embora o efeito de Plutão seja além do nosso controle, entender o ciclo de mudanças nos ajuda a seguir o fluxo do Universo em vez de contra ele.

A última vez que Plutão transitou por Aquário foi a partir do ano de 1797, uma época em que o mundo era muito diferente do que é hoje, principalmente a nível tecnológico. Dessa forma, para todas as gerações que estão vivas no momento, esta será uma aventura totalmente nova, já que a última vez que este astro transpessoal realizou este ciclo, todos nós não estávamos aqui, sobrando apenas os registros históricos da época, que inegavelmente mostram que foi um período muito dinâmico e transformador da sociedade.

divider

Qual é a influência de Plutão

Plutão é o planeta mais lento do sistema solar e sua influência na astrologia é sentida de maneira mais esparsa, ao longo dos anos, décadas e gerações.

O astro leva aproximadamente 248 anos para dar uma volta completa ao redor do Zodíaco e como possui uma órbita excêntrica (uma vez por ano ele retrograda por cerca de 5 meses), o número de anos que passa em cada signo pode variar bastante.

Plutão ciclo

Sua mitologia vem acompanhada de um ar misterioso, às vezes até tenebroso, como uma figura temida por seus súditos. Remetia a ideias desconhecidas, perigosas demais para a consciência humana.

Sua caracterologia na Astrologia também está envolta aos assuntos mais profundos, aos ímpetos de poder e controle em uma interpretação.

Na astrologia pessoal, dependendo da configuração do mapa, Plutão pode reprimir sentimentos, vontades, desejos e tornar a pessoa mais controladora ou magnética, por exemplo, porém essas são coisas que acontecem de forma quase que inconsciente.

Porém, apesar de significar assuntos como a morte e transformação, ele também reflete a vida, mais especificamente o renascimento e as conexões mais profundas.

Na mitologia egípcia, por exemplo, Plutão é representado por Anúbis, um Deus que nos auxilia na nossa passagem para a vida eterna.

Já na astrologia mundial, esse astro corresponde a uma força capaz de influenciar grandes e importantes acontecimentos, aplicando uma identidade única às épocas.

Voltando ao aspecto histórico e usando a entrada de Plutão em Capricórnio no ano de 2008 como referência, esta última passagem que está sendo encerrada durou cerca de 16 anos.

Em 2020, o astro foi um dos protagonistas das mudanças que se iniciaram por aqui, quando fez parte da tríplice conjunção com Júpiter e Saturno em Capricórnio. Uma conjunção entre Saturno e Plutão é um dos eventos astrológicos mais contundentes e transformadores em todas as gerações que ocorrem, com desdobramentos posteriores bastante visíveis a cada novo aspecto dentro deste ciclo.

É notório então que, desde este último encontro ocorrido em janeiro de 2020, as coisas andam um pouco atípicas, para não dizer surreais ou meio caóticas.

Outras temáticas de Plutão na Astrologia também tem a ver com os governos, os sistemas financeiros, os órgãos internacionais de grande alcance global, as formas de energia (inclusive nuclear), descobertas e usos de combustíveis e a moeda corrente.

Plutão filtra, depura, potencializa, desconstrói e transforma os temas do signo por onde passa, adaptando-os às épocas até a próxima passagem por ali.

Div Plutão Aquário

Não é possível controlar as mudanças que emergem a partir da influência de Plutão. Por isso, o ideal é manter a harmonia entre as duas vontades: individual e coletiva, sabendo conciliá-las, pois com isso o resultado trará benefícios concretos e duradouros. Caso contrário, Plutão é implacável, não dando espaço para que nada se sobreponha às alterações necessárias que precisa corresponder em seus trânsitos.

A cada passo que Plutão dá nesta transição, mais ele transforma completamente seus temas e nos acostuma aos moldes de Aquário. Ao final dessa transição, com certeza estaremos mais aptos a vibrar em sintonia com seu novo direcionamento, principalmente se buscarmos enaltecer o lado luminoso da energia aquariana e podar seus excessos e principalmente seu radicalismo inerente.

E aqui cabe uma observação: saindo de um signo de Terra e entrando em um signo de Ar, onde as ideias, o capital intelectual, o reino mental e a própria noção de originalidade e liberdade são mais enaltecidos do que o lado material, Plutão promete grande valorização desses assuntos nos próximos anos.

Todos os trânsitos que envolvem Plutão carregam uma grande expectativa por promoverem transformações coletivas, muitas vezes de maneira não tão calma. Por isso, muitos astrólogos aguardam com uma certa ansiedade o início deste próximo ciclo, já que a última passagem de Plutão por Aquário está muito distante, ocorrida no século XVIII.

Naquele momento, essa transição trouxe consigo bastante agitação e reorganização de ideias, comportamentos e leis.

Relembrando alguns ensinamentos passados, não foi por acaso que na última passagem de Plutão por Aquário aconteceu a revolução francesa, assim como a independência e revolução americana, a promulgação dos direitos humanos, a inconfidência mineira no Brasil e outros eventos de peso ao redor do mundo.

Na verdade, ao final do século XVIII o mundo entrou em ebulição, sendo tomado por diversas rebeliões. Foi neste período que rolaram muitas cabeças na França por conta da queda da bastilha, quando o povo achou que seus governantes estavam muito distantes de suas ideias e necessidades na época.

Se as mudanças propostas pelos diversos ciclos e trânsitos de astros transpessoais já estão quebrando paradigmas globais desde 2019, Plutão (assim como um ciclo entre Saturno e Netuno em breve) sela o acordo e endossando a ideia de agitação do período.

A influência de Plutão força determinadas coisas a se ajustarem a qualquer custo, mesmo que para isso acabe correspondendo a eventos praticamente incontroláveis.

Mas não pense que Plutão é o vilão da história ou que está aí apenas para disseminar o caos. Os astros não funcionam em termos de certo e errado, bem ou mal. E ao transitar por um signo de caráter tão igualitário e futurista como Aquário, pode ser que o astro nos influencie a adotar um comportamento mais solidário, fraterno, sincero e consciente, com mais união.

Muitas vezes, mudanças não são recebidas de boa vontade por todo mundo, mas é bem provável que a humanidade sairá ganhando no final, mesmo que seja difícil enxergar tal vitória enquanto vivenciamos um processo de transição.

Além disso, a geração que nascer neste período também será responsável por grandes mudanças mais tarde, já que terão uma relação mais forte com Plutão em Aquário impressos em seus mapas de origem.

Astrolink Mapa Astral e Guia

Quando plutão entra em Aquário

Aquário tem como um de seus motes o impulsionamento da compreensão de outros pontos de vista, outras perspectivas e outras experiências, permeadas por liberdade, para podermos ser quem quisermos, com toda a nossa autenticidade (ou excentricidade), independente do ambiente que nos cerca. E para podermos ser desta forma, precisamos lutar para sermos respeitados e encarados com naturalidade.

Porém, precisamos ter cuidado, pois Aquário também tem um caráter de teimosia, radicalismo e inflexibilidade. Afinal, estamos falando de um signo fixo que pode influenciar ideias com uma certa dualidade entre serem libertadoras, porém autoritárias, como foi o governo de Robespierre, por exemplo, que após a queda da coroa francesa, levou milhares de perseguidos políticos à guilhotina.

O signo de Aquário é regido por dois astros: Urano e Saturno. O primeiro tem afinidade com a irreverência aquariana, que busca por novidades e é guiado por seus ideais visionários, libertários e autênticos, onde todos podemos ser livres na nossa verdadeira forma. Já o segundo, “Senhor do Tempo”, tem ligação com a paciência, organização e preocupação com o futuro.

Nesse caso, as revoluções aquarianas são movimentações que necessitam de tempo para compreender o seu real significado. Se utilizarmos a Revolução Francesa como exemplo, foi apenas 10 anos depois do início da revolução que se conseguiu alcançar a estabilidade política e desenvolvimento econômico, quando Napoleão Bonaparte deu o Golpe de 18 de Brumário, iniciando o período napoleônico, um regime político controverso, mas que trouxe desenvolvimento para o país.

E mesmo assim, demorou décadas para se compreender exatamente o que isso significou, pois os ideais iluministas inspiraram diversas outras revoluções no século seguinte, movimentos que resultaram na Independência de diversas colônias da América e no início do sistema republicano em diversas nações. É preciso tempo para compreender o futuro idealizado por um período com grande força de Aquário.

divider

Quais as previsões para Plutão em Aquário

O trânsito de Plutão em Aquário no qual estamos passando em 2024 e que durará até 2044 sugere que estamos imersos em outra era de profunda transformação. Sistemas no campo da ciência e da tecnologia, assim como financeiro e de matriz energética, podem ser reconstruídos com uma abordagem mais racional, algorítmica, coletiva e futurista, principalmente nos campos da inteligência artificial e descobertas a respeito do espaço sideral.

É possível que vejamos nesta próxima fase do mundo muitos avanços na robótica, genética e principalmente na inteligência artificial. Na verdade, ao observarmos as coisas que já começaram a estar à nossa disposição e sendo utilizadas na prática, será difícil imaginar algo que não será possível existir nas próximas duas décadas.

A sensação que temos é que não haverá limites para a tecnologia e a inteligência artificial, que tudo será possível e a exploração espacial bate às portas.

Plutão em Aquário - inovação

A inteligência artificial acabou despontando como um dos principais símbolos desse início da passagem de Plutão por Aquário e está sendo um grande contributo para essa correspondência na Astrologia.

Além disso, há uma grande aposta também no possível benefício coletivo que as máquinas e a tecnologia proporcionarão para a melhoria da nossa qualidade de vida, onde determinados trabalhos e funções serão feitos por robôs e outras máquinas, permitindo que os humanos consigam mais tempo para viver e não sobreviver.

É possível também que dentro desse período, as viagens comerciais para o espaço comecem a se popularizar, inclusive com a possibilidade de existirem hospedagens na órbita da terra e quem sabe até, nesses próximos 20 anos, não sejamos surpreendidos com a revelação de que existem formas de vida alienígenas inteligentes e avançadas...quem sabe?

divider

Quer saber como essas informações podem afetar sua vida?

Outros trânsitos de Plutão ao longo dos últimos dois séculos

Jan/1900 a Set/1912 - Gêmeos
Set/1912 a Out/1912 - Câncer
Out/1912 a Jul/1913 - Gêmeos
Jul/1913 a Dez/1913 - Câncer
Dez/1913 a Mai/1914 - Gêmeos
Mai/1914 a Out/1937 - Câncer
Out/1937 a Nov/1937 - Leão
Nov/1937 a Ago/1938 - Câncer
Ago/1938 a Fev/1939 - Leão
Fev/1939 a Jun/1939 - Câncer
Jun/1939 a Out/1956 - Leão
Out/1956 a Jan/1957 - Virgem
Jan/1957 a Ago/1957 - Leão
Ago/1957 a Abr/1958 - Virgem
Abr/1958 a Jun/1958 - Leão
Jun/1958 a Out/1971 - Virgem
Out/1971 a Abr/1972 - Libra
Abr/1972 a Jul/1972 - Virgem
Jul/1972 a Nov/1983 - Libra
Nov/1983 a Mai/1984 - Escorpião
Mai/1984 a Ago/1984 - Libra
Ago/1984 a Jan/1995 - Escorpião
Jan/1995 a Abr/1995 - Sagitário
Abr/1995 a Nov/1995 - Escorpião
Nov/1995 a Jan/2008 - Sagitário
Jan/2008 a Jun/2008 - Capricórnio
Jun/2008 a Nov/2008 - Sagitário
Nov/2008 a Mar/2023 - Capricórnio
Mar/2023 a Mai/2023 - Aquário
Mai/2023 a Jan/2024 - Capricórnio
Jan/2024 a Set/2024 - Aquário
Set/2024 a Nov/2024 - Capricórnio
Nov/2024 a Jan/2044 - Aquário

Categorias

O céu no momento...

sábado, 13 de julho de 2024 | 07:14