astrolink-galaxy

Veja seu Mapa Astral Grátis!

Já tem cadastro? 

Sol em Câncer no Mapa Astral

Em Câncer não existe a necessidade de sobrevivência individual como nos três primeiros signos do zodíaco. O que existe é a sobrevivência eterna através da perpetuação da espécie. É o signo da fertilidade e da nutrição.

Modo claro

sol em câncerPessoas com o Sol em Câncer (ou ênfase neste setor zodiacal) geralmente precisam se sentir parte de uma família, criando ou mantendo laços mais fortes com os outros e com seu lar. Tais laços não precisam necessariamente ser sanguíneos, mas algo que consiga representar de forma clara um senso de pertencimento e comunhão.

Esses nativos gostam de nutrir os outros tanto quanto gostam de ser nutridos, sempre prontos para fornecer apoio, cuidando de quem esteja necessitado, embora, nesse sentido, também possam ser um tipo de esponjas emocionais, sentindo bastante a energia emocional das pessoas e do ambiente onde estão inseridos. Dessa forma, aqueles mais harmoniosos lhe fazem bem, enquanto os mais deprimidos ou os que exigem demandas e dedicação sem dar nenhum retorno emocional, podem drenar sua energia psíquica.

Com sua essência direcionadora (cardinal, mas temperamental, "de lua") e um modo de operação mais atrelado às emoções, podem, além de valorizar bastante o passado e as tradições, evidenciar caracteres passionais, intensos e de oscilações momentâneas de humor, gerando mágoas, raivas, afetividade, ataques, reatividades e choros momentâneos, sem muitas raízes de sustentação e durabilidade.

Como um desdobramento do seu desejo por laços com o passado, podem desenvolver um certo interesse por genealogia, patriotismo, objetos históricos, tradições, antiguidades, fotos, lembranças ou história em geral. Conjugam neste sentido, os verbos no "presente do pretérito", simbolicamente.

O lar canceriano

Pessoas com ênfase em Câncer têm uma forte necessidade de segurança e, como os temas lar e família costumam trazer mais proteção pessoal, eles vêm sempre à tona em sua vida, fazendo-as querer estar sempre por perto daqueles que amam ou com os quais mantém uma relação atávica ou às vezes simbiótica.

Alguns até podem sofrer com a ausência dos entes queridos e, por isso, em alguns casos a pessoa teria de esforçar-se para se desapegar um pouco, para aplacar as frustrações destes processos pois afinal, todos precisamos de algum espaço vez ou outra.

Por ser um signo regido (parecido com as características) pela Lua, astro que governa as emoções, as fases lunares são importantes indicadores a serem levados em consideração pelos cancerianos (ou quem tem ênfase neste componente), pois podem afetar diretamente o seu humor.

Seu apreço a seus entes queridos é algo notável, mas o gosto pela tranquilidade da vida doméstica não impede o canceriano de desfrutar de viagens e aventuras, afinal, é um signo de qualidade cardinal, que aponta a direção. Mas, independente do tempo e da distância de onde estejam, precisam saber e sentir internamente que têm um lar para voltar. Mesmo que não possa ficar muito em casa, sente que é bom ter essa noção de retorno ao lar sempre presente em seus corações.

Este componente, quando presente e mal administrado, demonstra uma maior dificuldade em desatrelar sentimentos de pensamentos. Podem viver tão imersos em suas emoções que às vezes não percebem como isso pode ser, de certa forma, considerado narcisista ou infantil, pois pode gerar sensibilidade em demasia, onde o nativo com frequência se frustra com o mundo e as pessoas que não se compatibilizam com seus anseios emocionais internos.

Pode haver, nestes casos, de má gestão das percepções à ideia de um mundo frustrante e perverso, que nega aquilo que emocionalmente se deseja. Em outras palavras, não aceita o amor possível que o mundo pode ofertar.

Têm também bastante determinação para alcançar seus objetivos e, apesar dessa sensibilidade, têm força de vontade (mais uma herança da cardinalidade do signo) e não veem dificuldades em expressar seus desejos e perseguir seus objetivos. Geralmente encontram uma maneira de obter o que desejam e trabalham duro para alcançá-los, garantindo não só o seu bem-estar como o das pessoas que os orbitam.

O signo do caranguejo

Em vez de confrontarem diretamente ou pedirem alguma coisa, são mais propensos a recorrerem ao uso do apelo emocional, do comer pelas beiradas, daquele jeitinho especial. Existe um constante temor da exclusão, rejeição e abandono, por isto, há cuidados na forma de se relacionar, em especial com as pessoas com as quais tem vínculo emocional-afetivo.

Por exemplo, podem obter colaboração de outros fazendo com que se sintam queridos, cuidados, íntimos e confortáveis, por exemplo.

Outro fator que podemos associar aos cancerianos é a autodefesa ao menor sinal de provocação ou ameaça. Assim, esses nativos que se sentem ameaçados ou suspeitam que seus objetivos podem não ser bem-sucedidos, escondem o que realmente querem até que um momento mais propício ao sucesso aconteça.

Tendem a reagir emocionalmente ao que acontece em suas vidas. Ou seja, antes de decidirem agir ou mesmo de refletirem sobre qualquer situação, precisam expressar seus sentimentos como prioridade. Suas oscilações de humor às vezes podem ser difíceis de serem compreendidas por outras pessoas que não entendem seu alto fluxo emocional interior. Dessa forma, podem estar bem em um minuto e pra baixo no outro.

Pode haver também uma tendência natural a guardar seus problemas para si. Na maioria das vezes, têm excelente memória e isso faz com que fiquem lembrando do passado, como as coisas eram em determinada época. Podem gostar também de colecionar coisas, especialmente se tiverem algum valor sentimental. Isso aumenta mais sua sensação de segurança e cria raízes. Também tendem a ser mais conservadores e intuitivos.

Muitos cancerianos são bem-sucedidos na vida por conta de um cuidado genuíno com o bem-estar dos outros, algo que inspira lealdade, cooperação e compaixão. Grande parte da sensação de felicidade se relaciona com o bem estar emocional. Assim, o ambiente de trabalho, por exemplo, precisa ser favorável, agradável e acolhedor em termos de pessoas. Apenas o retorno financeiro ou a motivação podem não garantir a sensação de sucesso e excelência desejadas.

Como se pode administrar melhor os potenciais deste signo?

  • Dar mais espaço para entes queridos;
  • Ser mais direto com as pessoas;
  • Gerir melhor o diálogo e as contradições entre a razão x emoção;
  • Cultuar o passado sem se tornar refém das memórias;
  • Usar as emoções nos locais necessários e de forma proporcional;
  • Conhecer as várias facetas das emoções, classificando-as, entendendo de onde nascem, como se manifestam subjetivamente e como nos afetam.

Homens de Câncer

O que esperar dos homens de Câncer?

A ligação profunda com o lar, com a família ou com um núcleo seleto de amigos pode fazer do canceriano uma pessoa que gosta da rotina e de cultivar hábitos e hobbies. Mais reservado e sensível, este nativo gosta do relacionamento em que é responsável pela maior parte das coisas, fazendo papel de protetor. Pagar as contas, se dividir entre os diversos afazeres, etc. Mas, mesmo querendo tomar conta de tudo, prefere que seu par tenha maturidade, podendo ser até uma pessoa mais velha ou experiente.

A maior dificuldade pode ser praticar o desapego. Seus bens trazem segurança, mesmo para os que têm um grande controle sobre seus sentimentos. Esse mesmo controle, por incrível que pareça, pode fazer com que o canceriano pareça distante, mas, na verdade, ele está sendo introvertido e está internalizando suas emoções.

Em geral, o paternalismo está presente, podendo criar conflitos com o papel de homem na relação à dois. A outra pessoa pode sentir-se protegida, mas não desejada.

Mulheres de Câncer

O que esperar das mulheres de Câncer?

A canceriana tende a cultivar hábitos e raízes, mas, ao contrário do homem, pode adorar mudar o visual de sua casa, redecorando e reformando sempre que possível. Isso reflete suas mudanças interiores, onde os hormônios também terão papel químico de destaque.

Geralmente, tenta encontrar seu par ideal. Quem se relaciona com uma mulher com o Sol em Câncer, tende a sair mudado da relação. Elas são terapeutas natas e gostam de proteger as pessoas parceiras. Lembra da coisa de nutrir? Pois é, ao mesmo tempo em que procura se nutrir, a canceriana também nutre. E não tem problema se o relacionamento não der certo. Ela pode até ficar triste por um tempinho, mas logo estará pronta para se relacionar novamente. Afinal de contas, perseverança é um traço marcante.

O que pode atrapalhar um pouco é uma possível timidez. Ela pode até internalizar seus sentimentos, mas isso não faz dela uma pessoa vazia ou distante. Muito pelo contrário, são tantos sentimentos que seu humor pode oscilar mais que o normal, dependendo do momento que está vivendo. Uma hora está alegre, outra hora um pouco triste. A pessoa pode ir de extrovertida a introvertida num piscar de olhos!

Da mesma forma, tratar o outro com cuidado excessivo pode criar uma confusão nos papéis de proteção, desembocando em crises de identificação dentro da relação à dois. Pode haver o reforço das relações Edipianas (com a mãe), havendo embolamento de atuações e transferências de frustrações e expectativas.

Uma mulher com o Sol em Câncer geralmente alcança o sucesso profissional e estabilidade financeira utilizando sua tenacidade, força de vontade e determinação.

Saiba mais sobre o significado do sol Sol na Astrologia

O céu no momento...

sexta-feira, 24 de maio de 2024 | 21:56