Viagem astral - uma experiência fora do corpo

O incrível fenômeno da projeção da consciência
Viagem astral - uma experiência fora do corpo
por Astrolink em Meditação

Alguma vez você já escutou alguém dizendo que passou por uma experiência de sonhar que estava fora do próprio corpo, com a sensação de estar se vendo com lucidez enquanto dormia? Se esse assunto pareceu loucura para você, saiba que pode ser algo bem mais comum do que parece. Na verdade, esse é um assunto estudado pela ciência e atende pelo nome de viagem astral ou projeção astral.

Mas o que é a viagem astral?

De acordo com o Instituto Internacional de Projeciologia e Conscienciologia (IIPC), a projeção ou viagem astral é um termo popular para designar o que, tecnicamente falando, é chamado de projeção da consciência. Este fenômeno consiste em uma experiência em que o indivíduo tem a percepção de estar fora do seu corpo físico.

Quando a pessoa passa por uma viagem astral, ainda é capaz de perceber o ambiente à sua volta e até mesmo interagir com outras pessoas que também estão projetadas naquele momento.

Este fenômeno é estudado por uma especialidade chamada de projeciologia, que tenta entender tudo aquilo que está envolvido com as manifestações que ocorrem fora do corpo biológico. Segundo relatos de antropólogos, essas viagens já foram relatadas por diversos povos ao longo dos anos, não havendo distinção entre sexo, idade, religião ou etnia.

Meditação

Como acontece a projeção astral

A projeciologia explica que a consciência plena do indivíduo (também chamada de holossoma) é composta por 4 elementos: o corpo físico (soma), o energético (energossoma), o emocional (psicossoma) e o corpo mental (mentalsoma). Assim, quando a viagem astral acontece, existe uma separação entre esses componentes.

E é mais simples do que parece. Durante a projeção, o corpo emocional se separa do corpo físico, formando uma conexão energética entre ambos, a qual é chamada de cordão de prata. É exatamente essa ligação que mantém o físico ligado ao espiritual.

Normalmente, pessoas relatam que a projeção astral aconteceu durante o sono. Contudo, é possível fazer a viagem por meio da meditação, estado de coma, em experiências de quase morte ou, inclusive, utilizando técnicas específicas para atingir o objetivo.

Técnicas para fazer uma viagem astral

Às vezes, pode ser que o indivíduo queira fazer uma viagem astral de forma voluntária, ou seja, sem estar dormindo ou em qualquer outro estado inconsciente. Neste caso, é necessário bastante preparo. Além disso, saúde psicológica e fisiológica, determinação e paciência são outros quesitos essenciais.

Tendo tudo isso em mente, é possível começar a praticar algumas técnicas que possibilitam a realização de uma projeção astral. Mas não se esqueça de estar em um ambiente confortável e, de preferência, registrando todo o acontecimento. Veja algumas técnicas para fazer a viagem astral?

  • Autoimagem projetiva: para conseguir realizar esse tipo de técnica, é necessário ter uma poltrona confortável e um espelho. Com esses objetos a postos, a pessoa deve se sentar diante do espelho e ficar observando o seu próprio reflexo com bastante atenção. Estar atento a feições e detalhes é fundamental, sendo que isso deve ser feito até ficar com sono. A ideia central dessa técnica é que o corpo emocional se adapte a imagem do corpo físico, tentando ir ao encontro de sua imagem quando o indivíduo estiver dormindo. Nesse caso, a projeção alcançada é considerada consciente.
  • Projeção consciente fragmentada: aqui, o emocional acaba se desprendendo do corpo biológico de maneira gradual, portanto, é preciso bastante paciência para conseguir atingir a meta da viagem astral. Para realizá-la, a pessoa precisa fechar os olhos e se concentrar em partes individuais do seu corpo físico, como mãos, pés e braços. Ao mesmo tempo, deve-se manifestar, pouco a pouco, as partes que envolvem o corpo emocional. Com isso, o intuito é que o indivíduo tenha a percepção de uma segunda mão ou braço, por exemplo.
  • Abertura da porta: o indivíduo deve se sentar em uma cadeira confortável dentro de um ambiente fechado. O próximo passo é imaginar uma porta na parede, contendo um símbolo, um desenho ou uma inscrição. A partir daí, enquanto medita, a pessoa deve pensar em uma abertura na porta e se imaginar atravessando para o outro lado. A cada nova tentativa, é necessário fazer o processo com mais intensidade para, com o tempo, haver mais liberdade para projetar o corpo emocional.
  • Concentração mental: para fazer a projeção, a pessoa deve focar a sua atenção em um objeto específico, seja ela qual for, sempre de olhos abertos. Vale uma cadeira, um vaso, um quadro, uma toalha... O próximo passo é tentar se aproximar desse objeto sem tirar o seu corpo físico do lugar. Fazendo isso, a pessoa força o corpo emocional até que ele se desloque do corpo biológico naturalmente.

Olho

Quer saber como essas informações podem afetar sua vida?

Riscos x benefícios da viagem astral

A essa altura, pode ser que você esteja se perguntando se realizar uma viagem astral é algo seguro. De acordo com um artigo publicado pelo Instituto de Pesquisas Projeciológicas e Bioenergéticas, a prática não deve ser considerada perigosa. Isso porque é algo que, muitas vezes, acontece de forma natural durante o sono, sem prejudicar o dia a dia da pessoa. Contudo, vale a ressalva: indivíduos com problemas psicológicos graves devem evitar fazer uma projeção astral voluntária.

Por outro lado, é possível listar alguns benefícios que a viagem astral traz às pessoas, tais como:

  • Serenidade: a experiência de vivenciar um estado de existência livre de um corpo físico pode trazer uma certa calma em relação à vida terrena, uma vez que dá uma sensação de continuidade e evolutividade a vida.
  • Medo da morte: ao fazer a projeção astral e conseguir se desprender do corpo físico, a pessoa pode desmistificar a morte, ou seja, ao perceber que continua consciente fora da dimensão do plano físico, passa a ser mais otimista sobre a morte.
  • Conhecimento: a viagem astral permite que a pessoa tenha uma consciência maior sobre si mesma, além de compreender mais a fundo o mundo. Com isso, muitas vezes, passa a encarar o dia a dia de forma mais leve.

Leia mais artigos do Astrolink ver todos

Encontre a si mesmoEncontre a si mesmo
Quando foi a última vez que você separou um tempo para se encontrar consigo mesmo? A astrologia também pode ser um ótimo caminho para retomar sua jornada de autoconhecimento e entender certos processos universais.
Amadurecer dói, mas gera consciênciaAmadurecer dói, mas gera consciência
Buscar a evolução pessoal é como começar a praticar exercícios. Logo você se acostuma e está fazendo aquilo naturalmente, se tornando parte do seu dia a dia.


O céu no momento...

Sábado, 17 de Abril de 2021 | 07h46
Sol 27° 38' Ari
Lua
Nova
25° 41' Gem
Fase Crescente
ver ciclo lunar
Mercúrio 25° 49' Ari
Vênus 03° 19' Tou
Marte 26° 20' Gem
Júpiter 26° 14' Aqu
Saturno 12° 28' Aqu
Urano 09° 54' Tou
Netuno 21° 58' Pei
Plutão 26° 46' Cap
Quiron 09° 57' Ari
Lilith 19° 48' Tou
Nodo Norte 11° 27' Gem
Aspectos ativosorbe
SolSextilLua1.95
SolConjunçãoMercúrio1.82
SolConjunçãoVênus5.67
SolSextilMarte1.31
SolSextilJúpiter1.41
SolQuadraturaPlutão0.86
LuaSextilMercúrio0.13
LuaSextilVênus7.62
LuaConjunçãoMarte0.64
LuaTrígonoJúpiter0.54
LuaQuadraturaNetuno3.71
MercúrioSextilMarte0.52
MercúrioSextilJúpiter0.42
MercúrioQuadraturaPlutão0.96
MarteTrígonoJúpiter0.10
SaturnoQuadraturaUrano2.57
SaturnoTrígonoNodo Norte1.03
Ler mais

Signos no Astrolink

Piscianos    9.07 %
Arianos    8.88 %
Cancerianos    8.78 %
Geminianos    8.66 %
Taurinos    8.62 %
Aquarianos    8.31 %
Virginianos    8.17 %
Leoninos    8.12 %
Escorpianos    8.00 %
Capricornianos    7.91 %
Librianos    7.87 %
Sagitarianos    7.60 %