Afinal, já entramos na Era de Aquário?

Estamos em uma grande transição para consolidar a Nova Era
Afinal, já entramos na Era de Aquário?
por Astrolink em Astrologia
em 01/02/21 às 18h41

A Era de Aquário é um assunto que cada vez mais vem sendo pauta entre os estudiosos de astrologia. Provavelmente você ouviu falar por aí que o início seria em 2021, mas já adiantamos que não é bem isso, uma vez que estamos em um momento de transição entre Eras. Contudo, neste período, já podemos perceber o esta fase pode nos sugerir.

Saiba mais sobre as Eras Astrológicas

Da Era de Peixes para a Era de Aquário

De forma bem resumida, até o início do século XXI, estamos vivendo sob a regência da Era de Peixes. Neste período, houve o domínio do cristianismo, onde os primeiros cristãos utilizaram peixes como um emblema e como um sinal para suas reuniões secretas, gravando-os nos muros das catacumbas, sobre as sepulturas e portas. É fácil notar que na bíblia há muitas referências a peixes, como a pesca milagrosa em João 21:1 e outras menções.

Após cerca de 2 mil anos, seguimos em direção a Era de Aquário. Com isso, nos próximos 2.160 anos, este signo governado por Saturno e Urano, que faz oposição a Leão, desenhará e transformará os conceitos macro da humanidade, nos fazendo entrar na aguardada Era de Aquário.

Esta transição é longa e a proximidade entre os signos envolvidos faz grande diferença. Por isso, muitos acreditam que já estamos na Era de Aquário, uma vez que vivenciamos diversas transformações tecnológicas, políticas, sociais e culturais nas últimas décadas como uma correspondência análoga aos temas deste signo.

Aquário

Consolidando a Era de Aquário

Entre os anos de 2020 e 2030, após trânsitos importantes que fizeram Saturno e Júpiter entrarem no grande ciclo de Ar e com a entrada de Plutão em Aquário, que ocorre em 2023, acredita-se que esta transição estará bastante avançada e, assim, a entrada na Era de Aquário estará basicamente consolidada.

Na Era de Aquário, as atitudes passam a ser mais objetivas e impessoais e o coletivo é soberano. Tudo o que não serve mais, pode ser descartado ou reciclado. O coletivo de ato está em foco e as informações se propagam em velocidades muito altas, uma vez que o desenvolvimento tecnológico e dos meios de comunicação está acelerado.

A realidade que conhecemos no presente está prestes a ser questionada. Os extremos têm pressionado o surgimento de um novo nível de percepção e de consciência àqueles que estejam com o coração e mente abertos para repensar a realidade e dispostos a reconstruir novos caminhos de futuro, diferentes de tudo o que conhecemos.

Mas, para que essa transição seja positiva, tem uma palavra muito importante que precia ganhar destaque em nosso vocabulário diário: responsabilidade. A liberdade que Aquário preza esta atrelada diretamente à responsabilidade. Se hoje as estruturas de poder são, em sua maioria, visíveis e categorizadas, elas passarão a ser mais sutis e intrínsecas, iniciando uma fase de ajuda mútua e trazendo mais humanitarismo. Por outro lado, também há a possibilidade de criar-se uma grande rede e sistema de controle no melhor estilo Big Brother, o regente da famosa obra de George Orwell chamada 1984, que a tudo e todos controla através de um policiamento coletivo. Tudo depende de como vamos conduzir e permitir os acontecimentos que vão de desenrolando.

Na Era de Aquário, temos uma visão de que o mundo pode se tornar gradativamente melhor pela valorização do ser humano, da ciência, tecnologia, modernização, liberdade e democracia. A mudança permanece contínua, mas agora de uma forma ainda mais frenética.

Leia mais artigos do Astrolink ver todos

A História da AstrologiaA História da Astrologia
Entenda como tudo começou. A Astrologia se desenvolveu de forma mais criteriosa na Mesopotâmia, com um conjunto de elementos classificados e organizados entre si pelos povos da Babilônia, Pérsia, Suméria e Assíria, além dos Caldeus.
As Eras AstrológicasAs Eras Astrológicas
Na era de Aquário o foco está na busca pelo universal, o coletivo e o progresso. As atitudes passam a ser mais objetivas e tudo que não é útil é descartado.
Os Regentes do Ano e do CicloOs Regentes do Ano e do Ciclo
Você já deve ter ouvido a seguinte frase: Este é um ano regido por Júpiter ou outro astro. Se não, saiba que é uma prática comum na Astrologia. Mas de onde vem o embasamento para saber qual o astro regente do ano? E o que isso quer dizer? Será que os astrólogos chutam ou inventam estas informações?


O céu no momento...

Sábado, 31 de Julho de 2021 | 12h39
Sol 08° 31' Lea
Lua
Quarto Minguante
08° 14' Tou
ver ciclo lunar
Mercúrio 07° 19' Lea
Vênus 11° 22' Vir
Marte 01° 02' Vir
Júpiter 29° 40' Aqu R
Saturno 10° 18' Aqu R
Urano 14° 38' Tou
Netuno 22° 52' Pei R
Plutão 25° 14' Cap R
Quiron 12° 49' Ari R
Lilith 01° 27' Gem
Nodo Norte 08° 52' Gem R
Aspectos ativosorbe
SolQuadraturaLua0.28
SolConjunçãoMercúrio1.20
SolOposiçãoSaturno1.79
SolQuadraturaUrano6.11
SolSextilNodo Norte0.36
LuaQuadraturaMercúrio0.92
LuaTrígonoVênus3.14
LuaTrígonoMarte7.20
LuaQuadraturaSaturno2.07
LuaConjunçãoUrano6.39
MercúrioOposiçãoSaturno2.99
MercúrioSextilNodo Norte1.56
VênusQuadraturaNodo Norte2.50
MarteOposiçãoJúpiter1.38
SaturnoTrígonoNodo Norte1.43
NetunoSextilPlutão2.37
Ler mais

Signos no Astrolink

Piscianos    9.05 %
Arianos    8.85 %
Cancerianos    8.82 %
Geminianos    8.69 %
Taurinos    8.64 %
Aquarianos    8.29 %
Virginianos    8.17 %
Leoninos    8.14 %
Escorpianos    7.98 %
Capricornianos    7.91 %
Librianos    7.86 %
Sagitarianos    7.60 %