As Dignidades Planetárias
Regência, Exílio, Exaltação e Queda.

As Dignidades Planetárias

Astrolink
por Astrolink em Astrologia.

em 22/06/15 15h14 lido 12316 vezes

Na natureza, quando as coisas encontram seus lugares certos e se encaixam, tudo funciona na mais perfeita harmonia. O mesmo acontece no mundo astrológico: Os planetas se encaixam e ganham força e harmonia quando estão nos seus lugares afins, que são os signos que regem. Quanto mais longe do seu signo de regência, mais o planeta se enfraquece.

Podemos dizer que quando um planeta está no extremo oposto de sua casa, ele está exilado. A energia do planeta e do signo são tão discrepantes que uma pode chegar a praticamente anular a outra. Enquanto ele ainda está perto do seu signo de origem, o planeta pode ter energias mais afins e trabalhar harmonicamente.

Por exemplo, vamos pegar Vênus em Peixes. Enquanto Vênus é o símbolo do amor de seus nativos, Peixes é o símbolo do amor entre todos os indivíduos. Ou seja, aqui a harmonia ainda existe, pois ambos falam a mesma língua. Um é o amor que cada um carrega em si e o outro o amor universal, entre todos.

Em Libra, Vênus também seria harmonioso, levando amor aos relacionamentos. Em Touro, Vênus já contribuiria para um forte amor carnal entre as pessoas.

Ao se afastar mais da sua origem, ele começaria a deteriorar o conceito de "amor harmônico". Em Virgem já haveria a dificuldade em expressar esse amor, surgindo a razão e a análise acima do sentimento. Mas em Escorpião, que seria o extremo oposto de sua casa de origem, Vênus desperta qualidades ainda menos altruístas. Ele pode incentivar o egoísmo, exacerbando o sexo, o amor a si próprio e o desejo de controlar as pessoas amadas.

Domicílio e Exílio são os termos para ilustrar esses opostos, enquanto Exaltação e Queda ilustram os arredores desses extremos. Enquanto o planeta ainda está perto de sua casa, pode continuar amplificando virtudes, mas à medida que se afasta mais propicia a queda das virtudes de cada signo.

Vamos pensar em termos práticos, fazendo uma analogia com seu próprio bem-estar:

Você geralmente se sente muito bem quando está dormindo em sua própria cama, em sua casa. Podemos dizer então que você está em seu "Domicílio". É o auge do bem-estar. Se você precisar dormir fora, mas na casa de um parente ou amigo próximo, ainda assim se sentirá bem, mas não tão à vontade quanto em sua própria casa. Sendo assim, podemos dizer que você estaria em sua "Exaltação".

Agora, digamos que você precise dormir na casa de um outro amigo, não tão íntimo assim e sem muito confrorto e segurança. Podemos dizer que você estaria em sua "Queda". Agora, se você precisar dormir em um lugar que não goste, no chão duro, totalmente desconfortável, inseguro e não se sentindo bem, estaria em seu "Exílio".

E assim é com os planetas. Eles ficam desconfortáveis longe de casa e perdem parte de sua força, emanando energias cada vez mais complicadas. Os planetas em sua fase de exaltação, ainda trazem energias harmoniosas e afins para os signos, embora mais fracas. Conforme vão mudando de casa, eles vão ficando mais distantes de sua origem e o sentimento de insegurança abre as portas para energias não tão afins, que em último representam seu exílio.

Na sua casa de origem, o planeta gera uma influência positiva máxima ao signo, ressaltando e extraindo o que há de melhor nele. É o caso de Saturno em Capricórnio, Marte em Escorpião, Júpiter em Sagitário... Na casa que seria o extremo oposto, o mais distante que um planeta poderia estar, o efeito é justamente o contrário. Todas as qualidades podem ser subvertidas e há uma tendência a agirem um tanto quanto desarmônicas. Vênus, que usamos como exemplo, é regente de Touro e Libra. Em Escorpião, que é o extremo oposto, estaria exilado.

Explicando melhor as Dignidades e Debilidades

Como vimos antes, à medida que o planeta se afasta de sua casa, ou seja, do seu domicílio, ele ainda pode prover energias positivas a outros signos, fato que chamamos de exaltação.

Cada planeta tem o seu signo regente, mas também tem seu signo especial, onde ele ainda se sente como se estivesse em casa, com segurança e harmonia. Ali ele ainda consegue emanar sua energia positiva, fazendo bem às virtudes do signo em questão. Vamos continuar com Vênus como exemplo. Fora de sua casa, o planeta preferido de Vênus é Peixes. Como mencionamos acima, Vênus em Peixes traz boas energias, amplifica e evidencia as virtudes do signo.

Porém, quando Vênus passa pelo oposto de Peixes que é Virgem, ocorrerá a queda, uma espécie de inferno astral onde as virtudes dos piscianos diminuirão, pois a energia de Vênus se inverterá. O efeito nos índivíduos do signo é visível, que ficam mais vulneráveis e sensíveis.

Planeta Domicílio Exaltação Queda Exílio
         
Sol Leão Áries Libra Aquário
Lua ☽ Câncer Touro Escorpião Capricórnio
Mercúrio ☿ Virgem
Gêmeos
Aquário Leão ♐ Sagitário
Peixes
Vênus Touro
Libra
Peixes Virgem Áries
Escorpião
Marte ♂ Áries
Escorpião
Capricórnio Câncer Touro
Libra
Júpiter ♐ Sagitário
Peixes
Câncer Capricórnio Gêmeos
Virgem
Saturno Capricórnio
Aquário
Libra Áries Câncer
Leão

Fundamentos das Dignidades Planetárias

Emboram haja mais algumas dignidades, nos concentramos aqui nas mais importantes, que trazem maior influência para os signos: Domicílio e Exaltação, assim como seus extremos opostos, Exílio e Queda, que como vimos representam as Debilidades Planetárias. Os antigos já tinham descoberto que ao observar o céu era possível estabelecer uma relação entre os signos e os planetas.

- O cientista e astrônomo grego Cláudio Ptolomeu verificou essa relação e a relatou em vários artigos: "A Lua, depois de sua conjunção com o Sol, no seu signo de exaltação (Áries) mostra sua primeira fase e começa a aumentar em luz e assim é tomado Touro como sua exaltação e o signo oposto (Escorpião) como sua depressão".

- O poeta e astrólogo romano Marcus Manilius escreveu um livro sobre o assunto, chamado Astronomicon. Na obra, Manilius dá um signo para cada deus do Olimpo. Ele diz que quando o planeta está alinhado com seu signo de regência, ou seja, na sua casa de origem, ele não sofre outras influências negativas, podendo exercer todo o seu poder e harmonia positivos sobre o signo.

- Alchabitius, o matemático árabe que desenvolveu um sistema de casas usado na antiguidade até aproximandamente 1500, também relatou que o planeta que está confortável em sua casa de origem "tem autoridade e liberdade em sua expressão". Alchabitius ainda descreveu a condição dos planetas em exaltação: "comanda do alto com os reis". Ele queria dizer que quando o planeta está em exaltação é possível utlizar sua energia positiva com muito poder.

Já na queda, que é o oposta da exaltação, o planeta recebe muita interferência, corrompendo sua energia, provocando rejeição e alterações ao signo. No exílio, que é quando o planeta está no oposto de sua casa de origem (domicílio), ele perde sua força. Suas influências emanam de forma errática, também prejudicando as virtudes dos signos. Caso o planeta esteja sem exercer nenhuma debilidade ou dignidade, ele é chamado de Peregrino.

Jean-Baptiste Morin de Villefranche, astrônomo francês, criou em torno de 1600 um conjunto de regras de interpretações baseado em seus estudos dos planetas e signos, onde ele relata essa influência dos planetas segundo a posição em que se encontra. Ele se ateve à relação Debilidade / Dignidade, mostrando o quanto um planeta poderia ser benéfico ou maléfico a um signo dependendo de seu posicionamento.

Todo o material existente sobre o assunto de Dignidades Planetárias nos leva a crer que a relação entre planetas e signos é muito forte e relevante, até mesmo essencial para entendermos melhor a astrologia e termos embasamento para interpretar a influência que cada posição dos planetas exerce sobre os signos.



ou efetue o login para visualizar seu Mapa Astral.

Signos no Astrolink

Piscianos ♓   9.16%
Arianos ♈   8.85%
Cancerianos ♋   8.75%
Geminianos ♊   8.68%
Taurinos ♉   8.56%
Aquarianos ♒   8.52%
Leoninos ♌   8.07%
Escorpianos ♏   8.05%
Virginianos ♍   8.00%
Librianos ♎   7.99%
Capricornianos ♑   7.73%
Sagitarianos ♐   7.65%


O céu no momento...

Sol ☉ 07 Ari 31' 23"
Lua ☽ 06 Ari 10' 56"
Mercúrio ☿ 25 Ari 26' 48"
Vênus ♀ 03 Ari 20' 13" R
Marte ♂ 12 Tou 53' 13"
Júpiter ♃ 19 Lib 37' 53" R
Saturno ♄ 27 Sag 43' 29"
Urano ♅ 23 Ari 29' 05"
Netuno ♆ 12 Pei 40' 02"
Plutão ♇ 19 Cap 15' 38"
Chiron ⚷ 25 Pei 28' 35"
Lilith ⚸ 04 Sag 42' 23"
Nodo Norte 03 Vir 03' 09" R

Aspectos ativos

Sol☉Conjunção ☌Lua☽
Lua☽Conjunção ☌Vênus♀
Mercúrio☿Trígono △Saturno♄
Mercúrio☿Conjunção ☌Urano♅
Marte♂Sextil ⚹Netuno♆
Júpiter♃Quadratura □Plutão♇