Fórum Astrolink


Sobre excesso de empatia


Chess

Signo: Cncer Ascendente: Libra Lua: Aqurio
SÃO PAULO - SP
Membro desde:
09-10-2016
Posts: 924
23-11-2020 08:34
Quote:
Não sei vocês, mas eu costumo me importar demais com as pessoas ao meu redor. Conhecidos, desconhecidos, enfim... e isso não é uma boa coisa. Isso porque costumo tomar as dores e isso me machuca em excesso.

Alguém sabe me dizer se isso está correlacionado a alguma posição no mapa? Também, e existe alguma forma de contornar esse sentimento? Sofrimento gratuito é ruim, turma :/



Digo e repito, empatia não é um problema, o problema são as pessoas que não sabem lidar com tal empatia!!!
No mais essa empatia vem muito do elemento água que tem os sentimentos mais "aflorados", contudo as vezes as pessoas acabam te usando como essa esponja o que acaba criando um elo sentimental, cabe a pessoa saber lidar com tal elo.

Lidiele Moura

Signo: ries Ascendente: Aqurio Lua: Escorpio
CARAZINHO - RS
Membro desde:
09-11-2017
Posts: 423
23-11-2020 09:04
Quote:
Digo e repito, empatia não é um problema, o problema são as pessoas que não sabem lidar com tal empatia!!!
No mais essa empatia vem muito do elemento água que tem os sentimentos mais "aflorados", contudo as vezes as pessoas acabam te usando como essa esponja o que acaba criando um elo sentimental, cabe a pessoa saber lidar com tal elo.


vdd... por isso estou buscando aprender um pouco mais todos os dias. Ser esponja não é legal, e muitos podem se aproveitar disso. Obrigada pelo comentário

Matheus Dantas

Signo: Libra Ascendente: Touro Lua: Escorpio
SÃO PAULO - SP
Membro desde:
24-02-2020
Posts: 571
23-11-2020 09:49
Isso está muito presente comigo, sério mesmo. Me importo demais com as pessoas mesmo sendo elas conhecidas ou desconhecidas, e isso me fez lembrar de algo que faz alusão a isto. Digamos que sempre tento manter um foco agradável de diálogo fazendo descontrações para deixar o ambiente melhor, e em uma dessas tentativas pensei que tinha ofendido alguém neste vínculo. E eu no momento fiz de tudo para que a pessoa tentasse me perdoar por algo que fiz (sendo que era algo da minha cabeça mesmo sksksk, por a pessoa em si já sabia que era uma descontração). Enfim, no final não gosto muito de magoar ou criar desentendimentos com ninguém, sempre prefiro a harmonia e talvez o meu modo empático de ser esteja interligado nisso.

Trismegisto

Signo: Libra Ascendente: Sagitrio Lua: Escorpio
PIRACICABA - SP
Membro desde:
28-05-2020
Posts: 1
23-11-2020 10:20
Lua em escorpião , em queda é uma Desgraça!
Uma maldita Luxúria, carregada de desejo sexual extremo.
É você fugir pro fim do mundo, e mesmo assim acaba em outras malditas grades do "AMOR"!!!

Luh

Signo: Aqurio Ascendente: Peixes Lua: Peixes
SALVADOR - BA
Membro desde:
12-06-2020
Posts: 611
23-11-2020 11:08
É a vida

Daniela

Signo: ries Ascendente: Leo Lua: Sagitrio
Santiago - Santiago
Membro desde:
03-01-2018
Posts: 1748
23-11-2020 12:09
Venus em peixes minha querida, trabalha isso, precisa se distanciar um pouco dos problemas dos outros, pra vc n ter tanta carga emocional

Sophia

Signo: Aqurio Ascendente: Cncer Lua: Gmeos
BELO HORIZONTE - MG
Membro desde:
23-03-2020
Posts: 429
23-11-2020 15:30
Não acho que seja errado ter empatia em excesso, os errados mesmo são os que se aproveitam disso e acabam esgotando sua energia.
No sentido literal da palavra empatia, talvez não faça sentido o que irei colocar aqui, mas quando se sofre muito por tamanha empatia aos outros, seria necessário ter ainda mais empatia por si. Sei que empatia não é uma coisa que é sentida por si próprio, mas talvez no sentido de todos seres favorecidos, pense nos outros mas não esqueça de você mesma.
Não sei se deu pra entender, mas essa foi a primeira coisa que pensei e foi de coração kkkk

Lidiele Moura

Signo: ries Ascendente: Aqurio Lua: Escorpio
CARAZINHO - RS
Membro desde:
09-11-2017
Posts: 423
24-11-2020 09:47
Quote:
Isso está muito presente comigo, sério mesmo. Me importo demais com as pessoas mesmo sendo elas conhecidas ou desconhecidas, e isso me fez lembrar de algo que faz alusão a isto. Digamos que sempre tento manter um foco agradável de diálogo fazendo descontrações para deixar o ambiente melhor, e em uma dessas tentativas pensei que tinha ofendido alguém neste vínculo. E eu no momento fiz de tudo para que a pessoa tentasse me perdoar por algo que fiz (sendo que era algo da minha cabeça mesmo sksksk, por a pessoa em si já sabia que era uma descontração). Enfim, no final não gosto muito de magoar ou criar desentendimentos com ninguém, sempre prefiro a harmonia e talvez o meu modo empático de ser esteja interligado nisso.


"sempre tento manter um foco agradável de diálogo fazendo descontrações para deixar o ambiente melhor, e em uma dessas tentativas pensei que tinha ofendido alguém neste vínculo"

idem! uehuehe

Lidiele Moura

Signo: ries Ascendente: Aqurio Lua: Escorpio
CARAZINHO - RS
Membro desde:
09-11-2017
Posts: 423
24-11-2020 09:49
Quote:
Venus em peixes minha querida, trabalha isso, precisa se distanciar um pouco dos problemas dos outros, pra vc n ter tanta carga emocional


Estou aprendendo. Preciso me desligar dessas coisas e seguir em frente para focar na minha vida. Essas preocupações com outros é um atraso :/

Lidiele Moura

Signo: ries Ascendente: Aqurio Lua: Escorpio
CARAZINHO - RS
Membro desde:
09-11-2017
Posts: 423
24-11-2020 09:50
Quote:
Não acho que seja errado ter empatia em excesso, os errados mesmo são os que se aproveitam disso e acabam esgotando sua energia.
No sentido literal da palavra empatia, talvez não faça sentido o que irei colocar aqui, mas quando se sofre muito por tamanha empatia aos outros, seria necessário ter ainda mais empatia por si. Sei que empatia não é uma coisa que é sentida por si próprio, mas talvez no sentido de todos seres favorecidos, pense nos outros mas não esqueça de você mesma.
Não sei se deu pra entender, mas essa foi a primeira coisa que pensei e foi de coração kkkk


Também acho que a empatia não é uma coisa ruim... mas quando controlada. Quando em excesso gera muita carga emocional E como tenho lua em escorpião e vênus em peixes, isso é um problema uheuehhue Mas estou aprendendo a controlar isso.

Adriana Cristina Hermes

Signo: Touro Ascendente: Gmeos Lua: Escorpio
DIONÍSIO CERQUEIRA - SC
Membro desde:
21-05-2018
Posts: 128
24-11-2020 11:28
Empatia em excesso não é empatia, é autopunição ou arrogância disfarçada. Quando minha terapeuta me disse isso, quase morri do coração e pensei em mudar de terapeuta. Mas, passados uns dias, percebi que era verdade mesmo e que eu tinha um misto de ambas as coisas: autopunição e arrogância. Primeiro porque me deixava de lado SEMPRE em prol dos outros, sejam pessoas próximas ou não, o que demonstra uma autopunição; segundo, porque eu acabava assumindo os problemas dos outros, de tanto que me colocava no lugar, achando que eu deveria resolver por eles, o qie demonstra a arrogância de achar que sempre damos conta e de que o outro não tem capacidade de tocar a própria vida sem nossa assistência e ajuda. Graças a Deus, consegui colocar minha empatia em equilíbrio, aprendendo os limites que todo sentimento saudável deve ter. Hoje, além de ser uma amiga, mãe e pessoa melhor para os outros, já que isso aumentou o respeito por eles e pelas suas experiências, sou muito mais feliz, pois abandonei os pesos que não me pertenciam. A empatia é ótima, como qualquer sentimento. Mas, em demasia, é, como qualquer sentimento, prejudicial.

Lidiele Moura

Signo: ries Ascendente: Aqurio Lua: Escorpio
CARAZINHO - RS
Membro desde:
09-11-2017
Posts: 423
24-11-2020 11:35
Quote:
Empatia em excesso não é empatia, é autopunição ou arrogância disfarçada. Quando minha terapeuta me disse isso, quase morri do coração e pensei em mudar de terapeuta. Mas, passados uns dias, percebi que era verdade mesmo e que eu tinha um misto de ambas as coisas: autopunição e arrogância. Primeiro porque me deixava de lado SEMPRE em prol dos outros, sejam pessoas próximas ou não, o que demonstra uma autopunição; segundo, porque eu acabava assumindo os problemas dos outros, de tanto que me colocava no lugar, achando que eu deveria resolver por eles, o qie demonstra a arrogância de achar que sempre damos conta e de que o outro não tem capacidade de tocar a própria vida sem nossa assistência e ajuda. Graças a Deus, consegui colocar minha empatia em equilíbrio, aprendendo os limites que todo sentimento saudável deve ter. Hoje, além de ser uma amiga, mãe e pessoa melhor para os outros, já que isso aumentou o respeito por eles e pelas suas experiências, sou muito mais feliz, pois abandonei os pesos que não me pertenciam. A empatia é ótima, como qualquer sentimento. Mas, em demasia, é, como qualquer sentimento, prejudicial.


Adriana, muitíssimo obrigada pelas palavras. Não tinha visto as coisas dessa forma, e realmente faz todo sentido. Vou ver se consigo assumir o controle desse sentimento e evoluir que nem você ♥

Adriana Cristina Hermes

Signo: Touro Ascendente: Gmeos Lua: Escorpio
DIONÍSIO CERQUEIRA - SC
Membro desde:
21-05-2018
Posts: 128
24-11-2020 12:36
Quote:
Quote:
Empatia em excesso não é empatia, é autopunição ou arrogância disfarçada. Quando minha terapeuta me disse isso, quase morri do coração e pensei em mudar de terapeuta. Mas, passados uns dias, percebi que era verdade mesmo e que eu tinha um misto de ambas as coisas: autopunição e arrogância. Primeiro porque me deixava de lado SEMPRE em prol dos outros, sejam pessoas próximas ou não, o que demonstra uma autopunição; segundo, porque eu acabava assumindo os problemas dos outros, de tanto que me colocava no lugar, achando que eu deveria resolver por eles, o qie demonstra a arrogância de achar que sempre damos conta e de que o outro não tem capacidade de tocar a própria vida sem nossa assistência e ajuda. Graças a Deus, consegui colocar minha empatia em equilíbrio, aprendendo os limites que todo sentimento saudável deve ter. Hoje, além de ser uma amiga, mãe e pessoa melhor para os outros, já que isso aumentou o respeito por eles e pelas suas experiências, sou muito mais feliz, pois abandonei os pesos que não me pertenciam. A empatia é ótima, como qualquer sentimento. Mas, em demasia, é, como qualquer sentimento, prejudicial.


Adriana, muitíssimo obrigada pelas palavras. Não tinha visto as coisas dessa forma, e realmente faz todo sentido. Vou ver se consigo assumir o controle desse sentimento e evoluir que nem você ♥


É difícil, porque a gente se habitua a ser solícito e nunca solicitar, a ajudar, mas achar que não precisamos de ajuda... é muito difícil modificar isso, eu consegui melhorar muito, mas sempre há recaídas... é preciso analisar cada situação e perceber o que está por trás das nossas atitudes, e como é difícil admitir que, muitas vezes, nos sabotamos... enfim, espero que você consiga, porque esses excessos são uma droga, uma gaiola na qual nós mesmos nos colocamos e, não tendo o reconhecimento que esperamos, assumimos a posição de vítima e sofremos muito com isso. Mas, se eu consegui, todos conseguem. Basta querer e agir em busca desse objetivo.

Nathália

Signo: Escorpio Ascendente: Escorpio Lua: Libra
SOBRADINHO - DF
Membro desde:
03-12-2015
Posts: 494
24-11-2020 16:54
Lendo os comentários, peguei muitas dicas e o que a sua terapeuta falou me chocou também... me identifiquei até kkkk q achar que consigo lidar com os problemas dos outros e não conseguir lidar com os meus... ter vergonha ou me sentir vulnerável para pedir ajuda... enfim, salvar essas dicas aqui pra reler mais tarde hahaha

Wind Flower

Signo: Virgem Ascendente: Sagitrio Lua: Sagitrio
Suva - Central Division
Membro desde:
18-08-2017
Posts: 573
25-11-2020 10:51
Quote:
Empatia em excesso não é empatia, é autopunição ou arrogância disfarçada. Quando minha terapeuta me disse isso, quase morri do coração e pensei em mudar de terapeuta. Mas, passados uns dias, percebi que era verdade mesmo e que eu tinha um misto de ambas as coisas: autopunição e arrogância. Primeiro porque me deixava de lado SEMPRE em prol dos outros, sejam pessoas próximas ou não, o que demonstra uma autopunição; segundo, porque eu acabava assumindo os problemas dos outros, de tanto que me colocava no lugar, achando que eu deveria resolver por eles, o qie demonstra a arrogância de achar que sempre damos conta e de que o outro não tem capacidade de tocar a própria vida sem nossa assistência e ajuda. Graças a Deus, consegui colocar minha empatia em equilíbrio, aprendendo os limites que todo sentimento saudável deve ter. Hoje, além de ser uma amiga, mãe e pessoa melhor para os outros, já que isso aumentou o respeito por eles e pelas suas experiências, sou muito mais feliz, pois abandonei os pesos que não me pertenciam. A empatia é ótima, como qualquer sentimento. Mas, em demasia, é, como qualquer sentimento, prejudicial.



Caraca, adorei sua terapeuta!
Precisava de uma assim
Tava lendo os comentários e pensando que tenho quase nada de água no mapa, mas meu netuno faz conjunção com a lua, poderia ser daí a empatia em excesso.
Mas essa questão da autopunição e/ou arrogância disfarçada faz mó sentido mesmo...

Denise

Signo: Aqurio Ascendente: Touro Lua: Touro
Aral Moreira - Amambay Department
Membro desde:
06-07-2019
Posts: 26
25-11-2020 20:47
Eu tbm sofro desse negócio aí...sempre sofri mto pensando nos outros e mtas vezes me anulando...sem reciprocidade, sendo a pessoa mais trouxa que conheço...não sei o que no meu mapa poderia indicar isso, tenho mais elemento ar...mas enfim. Reconheço que sai um pouco do que é "empatia" por assim dizer, e já vira outros sentimentos....autopunição, necessidade de controle mto grande. Hoje acho que já melhorei muito porque faço o exercício que o libriano falou, do distanciamento psicológico. Recomendo que procure sempre fazer uma autoanálise, buscar aprimorar seu autoconhecimento. Pode ser com psicoterapia ou com outras experiências. :)

Karen Ribeiro

Signo: Capricrnio Ascendente: Cncer Lua: Virgem
SÃO LEOPOLDO - RS
Membro desde:
21-07-2018
Posts: 297
25-11-2020 21:18
Quote:
Empatia significa sensibilidade compartilhada e é basicamente a capacidade de identificar às emoções das pessoas através do ato de sentir o que elas estão sentindo. A pessoa empática não apenas sente o sofrimento dos outros, mas também a alegria, a raiva, o ódio, o amor e tudo o que os outros estiverem sentindo. É uma verdadeira "esponja emocional"; não só de sofrimento como erroneamente se divulga (o termo correto pra isso é compaixão, que do ponto de vista etimológico significa sofrer com [o outro]), mas de tudo relacionado ao campo emocional. A empatia quase sempre se torna um problema, porque carecemos de inteligência emocional e tudo relacionado ao campo das emoções nos é desconhecido, portanto o sofrimento é um simples efeito colateral. Desse sofrimento resulta duas reações: a rejeição, na qual a pessoa despreza suas próprias emoções e acaba fazendo o mesmo com os outros, quando ver estes expressando-as; e a compulsividade emocional, na qual a pessoa expressa de forma violenta/catártica tudo o que sente, a fim de compensar sua fragilidade emocional, se afirmando perante os outros. Ambos os mecanismos de defesa têm como objetivo compensar o sofrimento e corresponder demandas da persona. Porém sem êxito, pois pela própria psicologia dos seres humanos, tudo o que você sonega no consciente ir-se-á para o inconsciente e lá você sofrerá. Além de uma hora ou outra a sua máscara de "valentão" e "frio e calculista" cair, te causando constrangimento e te fazendo renegar mais a si próprio.

Minha sugestão é você aceitar suas emoções e sentimentos do jeito que eles são e tentar transcendê-los, através do trabalho de desidentificação. O trabalho de desidentificação é basicamente o exercício de criar uma distância psicológica entre você e sua mente/emoções, através da meditação. Quanto maior for essa distância psicológica, mais leve e livre do seu sofrimento você estará. Até que, de tanto praticar esse exercício, chega um momento em que você transcende por completo a mente e as emoções, feito que no meio religioso/oriental é chamado de Iluminação. Na relação com os outros o mesmo deve ser feito, crie uma distância psicológica entre você e eles, não se perca nos sentimentos deles. Se eles tiverem sofrendo, deixe-os sofrerem sozinhos, no sentido de que você não precisa sofrer junto, mas simplesmente ajudá-los no que eles precisam e depois seguir em frente sua vida. Isso não é ser frio, é apenas ser emocionalmente inteligente e ter bom discernimento. Qual o sentido de sofrer com o sofrimento dos outros? Você mesma disse que isso te causa tormento. Não é necessário; basta identificar o sofrimento deles, ver o que eles precisam, ajudá-los no que for preciso (se você puder) e depois ir embora.

Mesmo que você não tenha tempo para meditar de modo formal como os monges e os iogues, este exercício pode ser feito. Contudo, não é nada fácil, então tenha paciência consigo mesma. Lembre-se de que estais tentando transcender leis da natureza (mente e emoções), um propósito desse não será conquistado sem suor de sangue e lágrimas durante anos. É a única forma que vejo de se libertar do sofrimento emocional, qualquer outro método seria no máximo um paliativo, nunca uma cura. Estudar Psicologia também é bastante viável, porque com as teorias e os conceitos será mais fácil o processo de automapeamento e de identificação de possíveis transtornos que você tenha, geralmente sempre temos. No Google têm livros gratuitos do Freud e do Jung para baixar e no YouTube o que não falta é conteúdo de Psicologia. Boa sorte!



Nossa, tava precisando ler esse texto. Obrigada!

Livia

Signo: ries Ascendente: Gmeos Lua: Gmeos
SÃO PAULO - SP
Membro desde:
06-09-2018
Posts: 428
26-11-2020 02:44
Meu mercúrio e meu Mc são em peixes o signo da empatia do sacrifício pelo próximo e sim eu sofro pois chega ao ponto de viver as dores dos outros e não ser capaz de ajudar pois eu caio em sofrimento pelo sofrimento do outro ainda não descobri uma forma de sentir menos sinto empatia até por insetos meu nível de sensibilidade é tão alto ao ponto de não conseguir seguir com minha vida pois mesmo eu estando bem sempre vai ter gente sofrendo

Fernanda

Signo: Capricrnio Ascendente: Capricrnio Lua: Gmeos
SÃO PAULO - SP
Membro desde:
16-12-2019
Posts: 2577
26-11-2020 03:21
Acho que empatia é uma ótima qualidade. É tão bonitinho ver uma pessoa realmente preocupada com as outras, mas isso é raro.
Eu mesma, só ganhei um pouquinho de empatia depois de ficar doente. Antes disso eu era 100% insensível, agora sou só 50% 🙈

Vocês que são empáticos, continuem assim, pois o mundo precisa disso.