Os Planetas Retrógrados
A retrogradação e sua influência astrológica

Os Planetas Retrógrados

Lilith
por Lilith em Astrologia.

em 10/09/15 17h41 lido 7470 vezes

Em astronomia, existe uma coisa chamada retrogradação, que é a percepção de que o percurso orbital de algum astro está de alguma forma alterado. Mas, na verdade, nenhum planeta altera seu ciclo de movimento em suas órbitas em torno do Sol. O que existe são determinados períodos de tempo em que planetas e corpos celestes apenas parecem estar se movendo de maneira diferente no céu. Seus ciclos parecem se alterar, ficando mais lentos ou mesmo dando a impressão de estarem se movendo para trás.

Essa ilusão é resultado do nosso ponto de vista da Terra, simplesmente porque a Terra também está orbitando o Sol a uma velocidade diferente dos outros planetas. Dessa forma, sob nossa ótica, alguns planetas entram em retrogradação durante alguns períodos. A retrogradação de Mercúrio é mais frequente do que qualquer outro planeta próximo, mas planetas exteriores (mais distantes) parecem retrogradar mais frequentemente do que Mercúrio. Mercúrio nunca está a mais de 28 graus do Sol, e quando ele atinge a sua distância mais afastada da estrela, ele parece mudar de direção. Vênus e Marte estão retrógrados aproximadamente 7-10% do tempo. Júpiter e Plutão ficam retrógrados durante longos períodos do ano.

Dentro do estudo da astrologia, os movimentos retrógrados dos astros são importantes variáveis de medição e análise. Quando um astro está retrógrado, isso influencia a dinâmica de um mapa astral. Na verdade, conclui-se que as energias parecem estar voltadas mais para dentro do indivíduo, mais concentradas. Geralmente a pessoa sente com mais intensidade essas energias, embora geralmente procure escondê-las ou disfarçá-las. Isso pode interagir de diversas formas, dependendo de onde a retrogradação acontece, podendo estimular desde uma timidez ou introspecção até causar desconforto ou constrangimento ao expressar a energia do planeta diretamente ou mais abertamente.

Pode até haver negação por parte da pessoa, ou ela pode se sentir como se algo estivesse faltando em alguma área da sua vida, ou até mesmo que faltou alguma coisa na sua infância. Tudo isso dependendo de qual astro está retrógrado e onde esta posicionado. Essas percepções advindas da retrogradação de um planeta podem gerar empecilhos e atrasos ao longo de sua vida (caso a porta esteja aberta para isso), ou intensificar um aumento de consciência ou crescimento espiritual através do autoconhecimento e reflexão de tal situação.

Uma pessoa que tenha Saturno retrógrado em seu mapa, por exemplo, pode ter passado por algum tipo de falta de disciplina ou estrutura durante a sua criação, ou pode ter tido uma figura forte de autoridade na infância. Por conta disso, ela pode não se sentir muito confortável em situações que exijam muitas regras ou um protocolo específico. Por outro lado, sua criação pode ter sido extremamente rigorosa, mas o resultado final será semelhante - a pessoa muitas vezes se sente culpada ou se preocupa excessivamente com suas responsabilidades, com o que os outros pensam dela e com as regras que deve seguir, focando bastante nisso.

Outro exemplo poderia ser com Urano retrógrado em destaque no mapa. Na infância pode ter havido uma falta de liberdade e, possivelmente, muitas regras, ou então suas singularidades e individualidade não foram incentivadas. Assim, durante sua vida adulta, o indivíduo poderá ter dificuldades em expressar tais coisas ou o fará de maneira agitada e não muito natural. Com Vênus retrógrado, talvez a criança tenha sido reprimida quando tentou expressar sentimentos de afeição. Pode também ter passado por dificuldades financeiras ou falta de recursos. O Sol e a Lua nunca são ficam retrógrados.

Estas e outras análises das retrogradações são aplicadas na delineação de um mapa astral e são importantes para uma maior precisão do estudo de cada mapa individualmente. Sempre que você ver um planeta retrógrado em um mapa, preste atenção em sua localização. Alí as energias estão concentradas e estão interagindo de uma forma um pouco diferente do que o normal.

Comente


ou efetue o login para visualizar seu Mapa Astral.

Signos no Astrolink

Piscianos ♓   9.12%
Arianos ♈   8.76%
Geminianos ♊   8.65%
Cancerianos ♋   8.64%
Aquarianos ♒   8.59%
Taurinos ♉   8.58%
Escorpianos ♏   8.10%
Leoninos ♌   8.06%
Virginianos ♍   8.04%
Librianos ♎   8.00%
Capricornianos ♑   7.75%
Sagitarianos ♐   7.71%


O céu no momento...

Sol ☼ 00 Aqu 21' 06"
Lua ☽ 03 Esc 45' 01"
Mercúrio ☿ 06 Cap 15' 51"
Vênus ♀ 17 Pei 16' 56"
Marte ♂ 24 Pei 00' 42"
Júpiter ♃ 22 Lib 41' 06"
Saturno ♄ 23 Sag 27' 38"
Urano ♅ 20 Ari 45' 49"
Netuno ♆ 10 Pei 15' 14"
Plutão ♇ 17 Cap 36' 01"
Chiron ⚷ 21 Pei 46' 51"
Lilith ⚸ 27 Esc 13' 22"
Nodo Norte 03 Vir 56' 08" R

Aspectos ativos

Lua☽Sextil ⚹Mercúrio☿
Vênus♀Sextil ⚹Plutão♇
Marte♂Quadratura □Saturno♄
Júpiter♃Sextil ⚹Saturno♄
Júpiter♃Oposição ☍Urano♅
Saturno♄Trígono △Urano♅